A virgindade ainda é um assunto muito polêmico e importante na vida de uma mulher. Muitas garotas sonham com esse momento e homens desejam ser o primeiro a se deitar com a donzela. Esse assunto acaba gerando algumas dúvidas e incertezas, principalmente no sexo masculino, mesmo os homens mais experientes acabam não sabendo como lidar muito bem com a situação e acham que perder a virgindade envolve muito sangue entre outros tabus.

Muitas vezes à garota nem sangra como a maioria dos homens pensam, e nem por isso ela está mentindo sobre sua virgindade. Mas para que esse tipo de situação não aconteça, reunimos alguns sinais reais que podem provar a virgindade da sua parceira:

A primeira vez pode oferece muita dor, mas também pode oferecer prazer

A primeira vez costuma ser algo dolorido e desconfortável para a virgem.

Publicidade
Publicidade

Por isso é essencial que o homem se preocupe em deixar esse momento mais prazeroso, e não só pensar se ela é virgem ou não. Tente oferecer o prazer que garanta a diminuição de sua dor e lógico, ele também tem que proporcionar o máximo de conforto e compreensão possível, é um momento delicado para a mulher e vai exigir muito do homem também.

O hímen e muito delicado

Alguns homens pensam que ser virgem é sinônimo de vagina extremamente apertada, mas estão enganados, pois isso não quer dizer absolutamente nada. O aperto vai depender da sua capacidade de fazer com que ela se sinta relaxada ou não. O hímen é uma membrana muito fininha, porém não é tão fácil assim de ser removido, ele pode ser rompido na primeira vez ou não.

O sangue

O sangramento pode ser a certeza de que sua parceira é realmente virgem, pois quando o hímen é rompido é normal acontecer um pequeno sangramento.

Publicidade

Mas não espere muito sangue, pois isso pode não acontecer. Algumas mulheres sangram pouco e outras nem sangram, quando isso não acontecer é sinal de que o hímen não se rompeu completamente por isso não aconteceu o sangramento. O certo não é o homem ficar focado nisso, ele precisa ter em mente que assim como ele, a sua parceira está procurando prazer com a primeira vez, confiando e entregando o seu corpo para ele, então não fique esperando o sangue aparecer no lençol, apenas tente fazer o momento seja bom para ela.

Na primeira vez ela não vai gozar

Pode ter certeza que isso vai depender muito do seu parceiro, se ele for capaz de garantir mais prazer do que dor, fazendo com que ela se sinta confortável e estimulada é possível que ela atinja o orgasmo, mesmo que isso mescle com a dor do momento. Não pense você que só porque ela é virgem a hora H vai ser fria e sem prazer, alguns homens se incomodam com a mulher que é virgem e que sente prazer, pois a imagem que eles carregam desse momento é de dor e sacrifício feminino.

Publicidade

Se você pensa assim, o grande problema da relação é você e não a mulher, pois ela está ali buscando prazer e não para provar a sua virgindade.

Acredite em sua parceira

O mais importante de uma relação é a confiança, então com ou sem sangue acredite em sua parceira, se você questionou e ela confirmou, seja homem suficiente para não duvidar da pessoa que está ao seu lado. Devemos lembrar que, o pensamento de que mulheres que não são mais virgens podem ser fáceis e de caráter duvidoso é um ponto de vista completamente grosseiro, machista e vulgar. Cada mulher tem o seu valor e não deve ser classificada somente por seus relacionamentos passados. Mesmo que isso seja um fetiche masculino, não deixe que se torne algo negativo na relação. #Dicas #Comportamento