Enquanto se aproxima o dia em que o Brasil vai às urnas para decidir quem comandará os municípios nos próximos quatro anos, a maioria da população continua indecisa, sem saber o que é verdade e o que é apenas promessa de campanha.

Infelizmente, ouvimos frases como: "Melhor deixar assim mesmo, não vai mudar nada mesmo". Ou ainda, há aqueles que dizem: "Vou anular meu voto, não vai fazer diferença".

Vivemos em um país de fato politizado? De fato, estamos longe dessa realidade, pois preferimos muitas vezes viver a ilusão que nos é apresentada e não buscamos abrir os olhos e a mente para tudo que acontece ao nosso redor.

Se fossemos pesquisar como se deve, muitos políticos perderiam as máscaras que desfilam em suas campanhas perfeitas, de um mundo belo e colorido.

Publicidade
Publicidade

No mínimo, teríamos uma escolha mais assertiva e, de forma mais justa e abrangente, mudaríamos toda uma realidade.

Existem sites, órgãos, onde podemos realizar essas pesquisas, onde podemos encontrar desde as propostas de governo dos políticos e, o principal, se esses mesmos políticos estão em ordem com a Justiça. Mas, aceitamos de forma passiva tudo que nos é imposto e nem ao menos procuramos saber um pouco mais sobre uma pessoa que irá nos representar durante anos.

Então vem a pergunta: e se nada sair como foi planejado? Se não for o mundo de maravilhas anunciado nas belas campanhas? O que faremos?

Colocamos a culpa nos políticos e esquecemos que grande parte dessa culpa nos cabe como uma luva. Quando deixamos de fazer o mínimo, pagamos pelo máximo que virá. 

Nesse dia tão importante, mais que escolher quem nos representará por quatro anos, deveríamos lembrar sempre que as consequências dessa escolha podem durar por muito mais tempo. 

Que votar deixe de ser apenas uma escolha ou até mesmo a falta dela, ou ainda tão pouco apenas um apertar de botão.

Publicidade

Votar tem que ser um ato de civilidade e consciência que nos motiva a sermos melhores na atitude, no caráter, nas escolhas, semeando e colhendo frutos de bondade, de justiça e paz. Só assim teremos um mundo melhor. #Senado Federal #Política