Sempre estamos participando desses testes de relacionamentos que aparecem em nossas redes sociais. A maioria deles envolve questões amorosas e, com eles, buscamos encontrar as respostas para algo que não está indo bem, seja o par perfeito ou ainda o nosso #Relacionamento.

Mas será que esses tipos de teste mostram as respostas que gostaríamos de saber? Pensando nisso, a Universidade da Virginia, nos Estados Unidos, realizou um estudo para encontrar a resposta que muitos procuram.

Para que o estudo fosse realizado, foram reunidos 4.242 casais que responderam apenas duas perguntas curtas e simples. Depois que se passaram 6 anos da primeira entrevista, eles novamente foram reunidos, e a intensão da segunda etapa era saber se a pesquisa realmente obteve respostas concretas e se a união durou o tempo necessário para que a segunda etapa chegasse ao fim.

Publicidade
Publicidade

Perguntas respondidas 

1) Qual é o tamanho da sua satisfação e felicidade em estar nesse relacionamento e quanto seria o nível de felicidade se você não estivesse nele?  

2) Você consegue imaginar qual foi a responda de seu companheiro para a pergunta anterior?

Os casais que responderam que seu relacionamento não estava indo tão bem quanto queriam, se separam durante o intervalo estipulado para a realização da segunda parte da outra pesquisa.

Friedberg, o professor que organizou o estudo, explica que: “O amor perfeito é aquele que faz com que a gente se sinta feliz apenas observando o nosso parceiro feliz, isso é amor”. “Você poderia aceitar em dividir as tarefas domésticas dentro de seu lar, o que certamente poderia reduzir a sua felicidade pessoal, mas em troca você receberia outra felicidade como compensação, apenas observando a felicidade de seu companheiro”, ressalta o pesquisador.

Publicidade

Mesmo reunindo um grande número de pessoas o resultado não foi tão positivo como os pesquisadores esperavam. O resultado mostrou que: 40% dos casais que responderam as duas perguntas conseguiram prever qual seria a resposta de seu companheiro, e ¼ deles tinham grande incompatibilidade de pensamentos.

O estudioso alertou os casais sobre casamentos realizados no calor da paixão, ele diz que muitos casais se casam nos primeiros anos de relacionamento e não se preocupam com a compatibilidade de pensamentos, e isso é um grande motivo para que muitos casamentos acabem nos primeiros seis anos.

A pesquisa acabou com o resultado de 50% dos casais participantes separados antes mesmo que a segunda etapa do trabalho se finalizasse. Você também pode realizar esse teste em sua casa, é muito rápido e simples. #Dicas #Comportamento