Domingos Montagner, de 54 anos, gravou suas últimas cenas na quinta-feira (15). Após o almoço, juntamente com a atriz Camila Pitanga, foi tomar banho de rio, mas depois de um mergulho não voltou à superfície. Assim como na novela, o Velho Chico não “perdoa” quem adentra em suas águas sem conhecê-las. Uma novela que retrata exatamente a força e os segredos do Rio São Francisco e resolve “antecipar” o final de uma história, levando consigo o ator principal, que será novamente encontrado por uma tribo, dessa vez de anjos. É a vida imitando a arte.

#Domingos Montagner era um dos grandes astros da atualidade, intérprete de personagens marcantes em novelas e minisséries.

Publicidade
Publicidade

Antes de ser conhecido nacionalmente teve uma bem sucedida trajetória no teatro e no circo, sua grande paixão. Com formação circense, Montagner criou o grupo ‘Lá Mínima’, em 1997, além do ‘Circo Zanni’, em 2003, do qual era diretor artístico. Estreou na TV em 2008 no Canal GNT. A participação especial abriu as portas da televisão para Domingos e em pouco tempo ele se tornou um dos atores mais queridos e elogiados da televisão.

Sua participação em “Cordel Encantado” selou definitivamente o sucesso na carreira. Com o personagem Capitão Herculano Araujo, ganhou os prêmios Contigo e Melhores do Ano (Domingão do Faustão) como Ator Revelação. Seu primeiro protagonista foi Paulo Alberto Ventura, presidente do Brasil na minissérie “O Brado Retumbante”, de Euclydes Marinho, em 2012. Por conta do sucesso recebeu o Prêmio Contigo de Melhor Ator de Minissérie.

Publicidade

Outra grande atuação foi em “Salve Jorge”, de Glória Perez, partindo em seguida para o cinema com participação especial no longa-metragem "Gonzaga - de Pai pra Filho".

Incansável, Domingos seguia sua trilha de sucessos. Em "Jóia Rara” foi o revolucionário Raimundo, e depois protagonizou Miguel em “Sete Vidas”. No cinema fez longas como “Vidas Partidas”, "De Onde te Vejo", "O Outro Lado do Vento" e, no final de agosto, o ator lançou a comédia "Um Namorado para Minha Mulher", de Julia Rezende. Domingos deixa a mulher, Luciana Lima, e três filhos. #Velho Chico