A maioria das pessoas afirma que tem crença em um #Mundo #sobrenatural. E mais do que isso, muitos revelam acreditar que pessoas já falecidas encontram meios de interagir com o plano físico. Não são poucos os casos de indivíduos que dizem terem sido visitados por entes queridos. Mas há também aqueles que afirmam que sofreram “tormentos” na mão de espíritos. Muitos dos casos mais assustadores desse tipo de relato são de crianças.

Visitas do além

A imaginação dos pequenos é muito fértil, por isso, é fácil encontrá-los falando sozinhos. Para muitos, são apenas amigos imaginários, mas e se fossem visitas do além?

A pequena Kelly

Em 2005, uma família dos EUA ficou em choque quando sua filha de apenas 3 anos olhou para a foto de uma garotinha em um documentário e disse: “Ela parece com a Kelly”. Kelly era a “amiga imaginária” da criança.

Publicidade
Publicidade

O documentário era sobre o massacre em Amityville, e a foto era de uma 13 anos, que foi morta no massacre.

Deus te proteja

Uma menina sempre dizia a sua mãe que um homem entrava em seu quarto todas as noites, fazia o sinal da cruz em sua testa e dizia “Deus te proteja”. A mãe sempre achou que era penas um sonho, até quem um belo dia sua sogra enviou algumas e sua filha pegou uma delas dizendo que “este é o homem que vem me ver todo dia”. Era um retrato do avô da menina, que morreu 16 anos antes dela nascer. “Meu marido me disse que este era um costume de seu pai, fazer o sinal da cruz em sua testa, todas as noites, quando ele era uma criança”.

Incentivo

Um norte-americano relatou uma experiência que teve aos seis anos, quando estava em um lago com seu avô e acabou caindo na água. “Eu não sabia nadar, mas quando estava afundando, uma menina estava comigo, embaixo d’água.

Publicidade

Ela olhou para mim e disse para eu olhar para o céu e não parar de bater as pernas”.O homem conta que obedeceu e conseguiu chegar na superfície no momento em que seu avô estava quase mergulhando para procurá-lo. Ele contou o que aconteceu para o avô. “Não tem nenhuma garotinha aqui, ele me disse”.

Em família

Quando tinha apenas 4 anos, uma menininha passou a conversar com sua amiga imaginária e, mais do que isso, ela culpava essa “amiguinha” pelas coisas e dizia que sua amiga gostava muito de assistir Scooby Doo com ela.Um belo dia, a tia da menina começou a fazer algumas perguntas sobre essa amiga imaginária. “É uma garota, mas ela já morreu”, disse a pequena. Intrigada, a tia perguntou onde a garota ficava e o que ela fazia. “Ela fica onde meu pai fica, ela faz o que meu pai faz”, respondeu a menininha. Cada vez mais intrigada, a tia pergunto onde essa moça havia conhecido a menina. “Ela falou comigo quando eu estava na barriga da minha mãe”.A tia então começou a ligar alguns pontos, e deduziu que a amiga imaginária só poderia ser uma prima chamada Tracy.

Publicidade

“Alguns meses antes da minha sobrinha nascer, Tracy faleceu em um acidente de trem. Ela amava crianças e estava muito feliz com a gravidez da minha cunhada”.A mulher também explicou que Tracy era policial e seu programa favorito era assistir os desenhos do Scooby Doo. “Temos certeza que Tracy é quem faz as visitas. Ela era uma boa pessoa, agora temos certeza que ela será o anjo da minha sobrinha”.

Verdade ou ilusão?

Você acredita que pessoas que já faleceram podem voltar para assombrar os vivos? Ou os relatos acima são apenas fruto da imaginação das crianças? Deixe sua opinião! E, se tiver um relato assustador, compartilhe nos comentários! #Curiosidades