O Brasil enfim começa a dar sinais de recuperação. Depois de 4 anos, o Banco Central anunciou o corte de 0,25 ponto percentual da taxa básica de juros, a Selic, que está em 14% ao ano. Com uma melhoria nas condições de financiamento, melhora a satisfação dos consumidores, fazendo-os irem as compras e movimentarem a #Economia. Maior poder de compra, mais empresas produzem e mais contratam funcionários, gerando um ciclo para economia brasileira, um respiro, na atual situação.

Esse corte na taxa da Selic foi possível graças a uma estabilidade nos preços dos produtos, um controlo da inflação. Pela primeira vez, em anos, o Brasil está pronto para evoluir e sair do caos, embora a oposição diga o contrário, já que a prévia do PIB de agosto foi ruim.

Publicidade
Publicidade

PEC dos gastos

A aprovação da PEC 241 é uma das medidas tomadas pelo governo para reajustar a economia brasileira, limitando os gastos e colocando em ordem as dívidas, obrigando o governo a gastas somente aquilo que tem. Uma outra medida é a fiscalização dos gastos públicos, gastando dinheiro de forma útil e sem desperdiçar.

No mês passado, o país conseguiu atrair 7,2 bilhões de dólares de investimentos diretos, 40% há mais de um ano atrás. Esses investimentos é devido a confiança que investidores estão tendo no país, ninguém investe sem confiança, porque ninguém quer correr o risco de perder o seu dinheiro.

Motivos para o avanço

O país tem potencial para gerar 2,7 milhões de empregos. Em setembro, o Brasil registrou um superávit de 3,8 bilhões de dólares, o melhor desde 2006. Os economista preveem um alta de 1,1% na produção industrial em 2017 e de 2,25% em 2018. A Ibovespa chegou a 64 mil pontos, o maior desde 2012.

Publicidade

Segundo um dos maiores empreendedores da história do Brasil, a retomada da economia já começou. "O país está de volta aos negócios", relata. "Não existe país melhor para investir no mundo". 

Agora vamos esperar qual a velocidade da recuperação da economia. Depois de anos sendo maltratada, existe uma luz no fim do túnel, e ele é animador.  

Avante, Brasil!

O que achou do artigo? Também está animado para o avanço do Brasil ? Deixe sua opinião, vamos debater o assunto. #Crise #Crise no Brasil