Platão disse que “o maior erro que os médicos cometem é procurar curar o corpo sem tentar curar o espírito; no entanto a mente e o corpo são unos, e não devem ser tratados separadamente”.

  O problema da preocupação tem causado vários males em nossa sociedade como: problemas no coração, alta pressão arterial, stress, reumatismo, gastrite, câncer dentre outras enfermidades. A mulher não deve se preocupar somente em alimentar adequadamente o seu físico como também as suas emoções. O alimento adequado para as emoções está intimamente ligado com os tipos de pensamentos que você nutre em sua vida, se são pensamentos construtivos ou destrutivos.

A palavra preocupação significa nada mais nada menos que: ideia fixa e antecipada que perturba o espírito a ponto de produzir sofrimento moral.

Publicidade
Publicidade

Poucas coisas conseguem envelhecer, azedar tanto o espírito de uma #Mulher e destruir-lhe tão rapidamente a beleza como as preocupações. As preocupações endurecem a fisionomia. Nos fazem ranger os dentes a ponto de quebra-los e riscam os nossos rostos de rugas. Nos dão um aspecto permanente de amargura. Podem nos tornar grisalhos os cabelos e, em alguns casos, até mesmo fazê-los cair. Podem nos arruinar o físico, nos produzir na pele toda espécie de brotoejas, erupções e espinhas, e até mesmo causar a descalcificação dos nossos dentes.

 As preocupações são como gotas incessantes de água e esses pingos ininterruptos levam, muitas vezes, as mulheres à loucura ou ao suicídio, mas o que realmente ocorre na maioria das vezes é o famoso ataque de nervos, que pode ser desde uma leve dor no lado esquerdo do peito, a uma paralisação facial, perca de domínio do corpo ou até mesmo um AVC.

Publicidade

Segundo o Dr. Alexis Carrel: “Aqueles que conservam a sua paz interior em meio ao tumulto da vida moderna estão imunizados contra as doenças nervosas”.

O Dr. McCaffery sugere: “Enfrente os fatos: deixe as preocupações de lado; depois faça alguma coisa para remediar a situação”.

Então alguns passos para enfrentar este mal são:

  • Veja toda a dimensão da sua preocupação. O que de pior pode acontecer? Analise profundamente esta pergunta escrevendo todos os detalhes que lhe causam angustia e seja bastante sincera.
  • Prepare-se para aceitar o pior. Tem coisas e situações que estão acima do nosso poder de influência e até mesmo de nossa ação.
  • Agora busque tomar atitudes para resolver o que te aflige tranquilamente partindo do pior que poderia ocorrer.

Não se esqueça de que:

O coração alegre aformoseia o rosto, mas com a tristeza do coração o espirito se abate. Provérbios 15:13

  #Família