O "#fofocando" não é um dos grandes acertos do #SBT neste ano, mas o programa ficou ainda pior com a entrada de Mara Maravilha. Ela, que foi considerada uma das maiores barraqueiras da "A Fazenda", acabou sendo a aposta de Sílvio Santos para fazer a atração bombar, mas o resultado foi justamente o inverso. Nas redes sociais, fica claro que Mara não deveria nem ter entrado para o "Fofocando", e diariamente recebe duras críticas do público, o que tem feito a atração perder credibilidade.

Dando claros sinais de que não faz nem ideia do que se trata as matérias apresentadas, a baiana, ao invés de fazer comentários sobre os famosos, tem é feito declarações homofóbicas.

Publicidade
Publicidade

Certamente, ela entrou no "Fofocando" para criar polêmica e assim o programa se tornar conhecido, mas Mara Maravilha apresenta um completo despreparo para a função, e tudo que consegue é forçar algumas intrigas e provocar até os colegas de bancada, ou melhor, de sofá.

O SBT está disposto a fazer de tudo para que o "Fofocando" dê certo, pois é um programa que exige um baixíssimo investimento, não tem gastos extras e pode conseguir uma audiência melhor para o horário, só que a presença de Mara Maravilha será um grande empecilho para atingir tal objetivo.

Por si só, o programa já é ruim. Não tem nada de novo, fica trazendo para a tela da TV as matérias publicas em sites e já comentadas exaustivamente nas redes sociais. O público não quer mais do mesmo, quer novidade. A única decisão certa da produção foi ter levado o colunista Léo Dias, pois ele sim é um profissional que está sempre trazendo notícias exclusivas, ele é que deveria estar no lugar que hoje é ocupado por Mara.

Publicidade

Mara Maravilha quer ser polêmica demais, só que ela passa outra imagem. O público não quer uma pessoa homofóbica apresentando um programa de fofocas, e muito menos alguém totalmente desinformado.

Já passou da hora do “Fofocando” tirar Mara Maravilha e colocar Léo Dias na bancada, para que assim a atração realmente possa contar com matérias exclusivas e garantir a boa audiência.

#Televisão