Você é uma daquelas pessoas que começa a recordar da sua infância e fica comparando com o que as crianças vivem hoje? Se a resposta for sim, bem, você não está sozinho! Afinal, se você tem 30 anos ou mais, já está liberado para dizer coisas como: “na minha época não era assim”. Mas, afinal, qual infância foi a melhor, a de hoje em dia, ou a de #Antigamente?

Brinquedos antigos x atuais

Quando você era pequeno, brincava de quê? Eram tantas atividades diferentes, não é mesmo? Bola, peão, bolinha de gude, varetas, damas, xadrez, pega-pega, pipa (ou papagaio), corrida, cabra-cega, e mais um monte de brincadeiras. Era só juntar todo mundo na rua - ou na casa de algum parente - e usar a imaginação. Se sua família tinha uma condição um pouco melhor, você também tinha outras opções de brincadeiras, como jogar no bom e velho Atari ou Nintendinho. 

Também não dá para esquecer dos clássicos brinquedos, como Comandos em Ação, Lego, Barbie, e a enxurrada de lançamentos assinados por apresentadores infantis, como a Xuxa, Eliana, Angélica, Fofão e muitos outros! E também não podemos esquecer que ser criança naquela época durava mais.

Publicidade
Publicidade

Era comum ver a molecada de 12, 13 e 14 anos correndo pela rua em carrinhos de rolimã e bicicleta. 

Hoje em dia, as coisas mudaram um pouco. A não ser quando se trata de cidades muito pequenas ou condomínios fechados, ver crianças brincando na rua é cada vez mais difícil. Aliás, ver crianças brincando em qualquer lugar é muito difícil. Brincar quase que se tornou uma atividade relacionada a primeira infância. Até os 7 anos, tudo bem "perder tempo" com brinquedos. Depois disso, os pequenos só querem saber de jogos eletrônicos.

Programação infantil de ontem e de hoje

Quem cresceu nos anos de 1980, 1990 e até 2000 podia aproveitar muitos opções de desenhos e programas infantis. Em praticamente todos os canais, o período da manhã era dedicado totalmente às crianças, que assistiam à Caverna do Dragão, He-Man, She-ra, Capitão Planeta, Pica-Pau, Punk a levada da breca, ThunderCats, As aventuras de babar, Doug, Pink e Cérebro, Zé Colmeia, Ursinhos Gummi e muitos outros! Era só ligar no SBT, TV Cultura, Record, Manchete, Globo, e aproveitar os desenhos!

Já, hoje em dia, não é que os desenhos não sejam bons.

Publicidade

O problema são as poucas opções na TV aberta. Só a Cultura e o SBT possuem uma grade de programas voltadas ao público infantil. Mas em nem todas as cidades esses canais pegam. Nesses casos, os pais precisam assinar algum pacote, seja de Internet ou TV, para garantir opções aos filhos.

Qual infância é melhor?

É claro que cada um de nós vai "puxar a sardinha" para o seu lado. Mas não podemos negar que, tanto antigamente, quanto hoje, ser criança é incrível! Talvez o que possa realmente fazer a diferença, e garantir a melhor infância, é o tipo de adulto que está ao lado das crianças.

Leve seus filhos, sobrinhos, irmãos mais novos, priminhos, para parques e praças e brinque junto com eles! Preste atenção naquilo que eles gostam, e mostre também seus desenhos, filmes e brinquedos de criança. Passe o máximo de tempo com eles, garanta que eles aproveitem o melhor da infância de hoje, com o melhor da infância que você teve!  #Curiosidades #Comportamento