Hoje, um dos principais desafios do mercado no que diz respeito a finanças corporativas nas #Micro e pequenas empresas é que muitas delas não possuem o conhecimento técnico para organizá-las financeiramente, ao mesmo tempo, não têm recursos para contratar um bom financista.

Então, a princípio, mesmo que você, micro ou pequeno empresário, não saiba analisar um balanço que o contador te mande, ou algo parecido, tenha o controle. Uma sugestão simples, principalmente para quem não é muito familiarizado com o computador, é anotar tudo num caderninho diariamente, para se manter atualizado sobre todas as contas a serem pagas, fluxos de caixas e o que mais achar necessário.

Publicidade
Publicidade

Independente de qual seja o seu segmento de atuação, o melhor controle que existe é o que funciona para você e sua #empresa. O importante é o controle que será exercido sobre ela.

Manter os boletos a pagar e os pagos organizadamente em seus lugares respectivos é uma maneira excelente de se manter organizado, e de tê-los sempre de prontidão quando forem requisitados.

Fazer pagamentos aos fornecedores com o dinheiro do caixa, torna-se uma atitude extremamente erronia. Não ter o controle de caixa faz com que não se saiba exatamente o quanto entrou e o que saiu, ocasionando numa total desorganização, gerando problemas na hora para atualizar as movimentações no computador ou anotação.

Outro problema muito comum é compra e venda sem nota fiscal

Isso faz com que a contabilidade não fique correta.

Publicidade

Além de ser crime fiscal, podendo sujeitar a empresa a problemas futuros.

O programa Excel é um ótimo aliado na rotina de finanças de uma empresa, principalmente quando adicionado ao auxílio de um contador escriturando na parte contábil, fornecendo os balancetes e os resultados efetivos dela. Os dois juntos com certeza são sinônimos de uma empresa bem organizada.

Se você se quer tem o controle, a probabilidade de tomar decisões erradas é muito grande. O ideal é começar pelo básico, tenha seu próprio controle, e que este gere o mínimo de nível de informações. Visione questões como, por exemplo, quais custos podem ser cortados e quais produtos ou serviços estão dando lucros ou não, isso certamente irá ser de grande ajuda para um inicio de bom funcionamento.

Por fim, se você não consegue ter controle sobre suas finanças, existem pessoas e empresas que podem auxiliá-lo nessa parte. #Pequena