Se toda mulher soubesse como a prática oral é importante para o homem e para o próprio corpo, certamente tentaria realizar a prática sem sentir nojo ou se bloquear durante o ato. Infelizmente ainda existem mulheres que, por mais que façam, acabam tornando o ato um grande sacrifício para elas, fazendo com que isso não lhe traga o prazer esperado.

De acordo com especialistas, esse comportamento está mais presente em mulheres com 40 anos ou mais. As mulheres mais jovens acabam tendo curiosidade sobre o assunto e com isso, buscam conhecer melhor o corpo masculino e aceitam essa modalidade sexual com mais prazer e tranquilidade.

Publicidade
Publicidade

Muitas mulheres, por exemplo, se recusam a beijar o seu parceiro depois da prática, pois acham isso nojento e anti-higiênico. Além disso não gostam de realizar no companheiro por medo de engolir secreções ou pêlos, alegando que o órgão genital pode estar cheirando a urina. Para que isso não aconteça, precisamos lembrar que o casal precisa realizar uma boa higiene antes de iniciar o ato.

A urologista e terapeuta sexual Sylvia Marzano explica que o homem produz uma secreção que se chama esmegma, das Glândulas de Tyson, que é aquela massinha branca encontrada ao redor da cabeça do pênis. Isso pode provocar um cheiro nada agradável no órgão genital masculino, fazendo com que muitas mulheres sintam enjoo durante o ato. Por isso, a higiene é algo fundamental, tanto para os homens como também para as mulheres.

Publicidade

Pensando nisso, a Dra. Sylvia Marzano listou algumas #Dicas que vai colaborar e fazer com que você lide melhor com algumas questões sexuais que envolvem o oral, acompanhe:

Diálogo

Conversar antes de iniciar o ato pode fazer com que tudo seja mais harmonioso. Por isso não deixe de conversar com o seu parceiro, explicando os seus medos e descrevendo suas expectativas, não tenha vergonha de expressar suas inseguranças, principalmente no inicio do relacionamento, só assim tudo acontecerá como o esperando e seu parceiro saberá o seu limite.

Conheça seu corpo

Não se sinta constrangida, lembre-se que é importante se conhecer, só assim vai se sentir tranquila com o seu companheiro quanto as suas investidas em lhe conhecer melhor.

Orientação de um especialista

Se você carrega muitas dúvidas e está insegura sobre o assunto, procure um terapeuta sexual, ele vai te ajudar a esclarecer todas as questões negativas que está em sua cabeça, fazendo com que a prática se torne algo prazeroso para você.

Excitação

Não existem partes proibidas em seu corpo, principalmente quando você está buscando o autoconhecimento. Descubra quais são as zonas que lhe oferece mais prazer, e explore-a. Você não precisa sentir vergonha, pois só assim você conseguirá passar para o seu parceiro quais são as partes mais sensíveis do seu corpo, revelando aonde você sente mais prazer ou desconforto. #Curiosidades