#Relacionamento a dois pode ser algo maravilhoso, você pensa na pessoa amada o dia todo e conta as horas e minutos para estar com ela, e quando estão juntos é tão bom que dá a impressão que até o tempo passa mais rápido. Mas, com o passar do tempo essa paixão incontrolável começa a esfriar, aquele frio na barriga, o brilho no olhar já não estão com a mesma intensidade. A relação começa a ser encarada como algo normal sem aquela chama inicial.

A rotina do dia dia transforma o relacionamento, restando em alguns casos apenas a harmonia e amizade do casal, que sozinhas podem não ser o suficiente para manter os dois juntos. Porém, se dentro da relação ainda existe o #amor, não há motivos para não dar certo.

Publicidade
Publicidade

Segundo especialistas, alguns hábitos na convivência de casais bem-sucedidos, podem manter ou reacender aquele fogo da paixão inicial. Listamos cinco hábitos que podem servir como dicas para seu relacionamento. Veja:

Andar de mãos dadas

Um hábito tão simples como esse é também perdido com o tempo, segundo o psiquiatra e pesquisador Mark Goulston, esse simples gesto traz uma sensação de união, por isso ele recomenda o casal a andar sempre lado a lado.

Se comunicam sempre, até quando estão longe

Mesmo durante o dia quando não estão juntos, arrumam alguma maneira de se comunicarem sendo por celular ou internet, um simples “como está seu dia?” ajuda a manter a conexão do casal. É um hábito comum em casais felizes.

Ir para cama dormir juntos

“Vão para cama no mesmo horário, isso faz toda a diferença na qualidade do sono e na vida sexual”.

Publicidade

Diz Mark Goulston. Não tem problema se um vai dormir e o outro vai assistir televisão ou ler um livro, o que interessa é os dois irem para cama juntos. Dificilmente casais felizes vão em diferentes horários para cama.

Se interessar pelos interesses do parceiro

Esse é um dos motivos de várias separações, depois de um certo tempo de relacionamento as pessoas percebem que não tem interesses em comum e optam pelo fim da relação. Casais felizes procuram por interesses em comum, e usam o tempo livre para aproveitar e fazer atividades que os dois apreciem. “Se os interesses comuns não estão presentes, os casais felizes vão encontrar alguma atividade” termina Goulston.

Demonstram afeto em público

Casais que se amam muito não sentem vergonha de demonstrar isso em público, é beijos e abraços a todo momento, é espontânea e eles fazem sem perceber. “Nossa pele tem uma memória do amor é do carinho recebido. Os casais que trocam carícias, mantém a pele energizada e nutrida de bons carinhos”, afirma Mark.