Já não bastasse o Brasil ser o país da piada pronta, a ex-procuradora geral do estado do Rio de Janeiro assinou uma proposta de ampliação do auxílio-creche aos procuradores do estado, publicada no Diário Oficial no dia 11 desse mês, que mais parece saída de um livro de anedotas. Segundo informação do site G1, o auxílio, que já é de R$ 900,00 por dependente (podendo-se cadastrar até 3 dependentes), era válido para crianças de 6 meses a 6 anos de idade. Como o nome diz, é um auxílio para arcar com os custos de creche das crianças. A ex-procuradora, no entanto, estendeu o benefício nomeado "auxílio-creche" para dependentes de até... 24 anos completos.

Publicidade
Publicidade

No texto da emenda consta que o auxílio, na verdade, compreende toda a educação dos dependentes, o que tornaria, até certo ponto, coerente a ampliação da idade. O escárnio fica por conta dessa ampliação de idade ser feita no "auxílio-creche", no meio de uma #Crise econômica que está prestes a transformar o Rio de Janeiro em um território digno de distopia.

Mas a brincadeira toda em torno das "crianças" de até 24 anos é apenas um reflexo do que vem acontecendo no país, em que alguns servidores públicos ganham salários acima do teto enquanto o governo usa como solução para resolver a crise econômica o congelamento dos investimentos nas áreas mais sensíveis para nossa população. Chegamos em um momento tão peculiar da nossa história, em que tudo isso acontece às claras, pela certeza não apenas da impunidade mas também da inércia da população, enquanto nosso futuro se torna cada dia mais obscuro.

Publicidade

A emenda em debate será revogada, o que não muda o fato de ela sequer ter existido, tanto quanto de tantas decisões recentes, em âmbito estadual ou federal, que mais pareceram um teste pra ver se a população percebe, porque não é possível que se tomem decisões vergonhosas e absurdas crendo que serão bem aceitas pela população.

A má notícia é que de cada 10 absurdos, um é efetivamente questionado em massa e provoca o recuo do governo. O restante tem passado livremente entre os engravatados que definitivamente não dão a mínima para a população. #Dinheiro Público #Auxílio Creche