Isso mesmo, #Dilma Rousseff já está praticamente empregada com remuneração e tudo mais. Conforme uma publicação do site "Noticiasaominuto", veio no final da semana passada o anuncio da nova ocupação da ex-presidente Dilma Rousseff. Segundo o presidente do Partido dos Trabalhadores (#PT), Rui Falcão, a petista vai trabalhar 'duro' para complementar o seu orçamento. Falcão revelou que foi ele o responsável pela nova posição de Dilma, ou seja, a ex-presidente vai assumir a presidência do Conselho Consultivo da Fundação Perseu Abramo, a pedido do presidente do PT.

Entenda o ocorrido

Em agosto, mais precisamente no dia 31 do ano corrente, acontecia o julgamento final de Dilma Rousseff.

Publicidade
Publicidade

Naquela época, apesar de muito confiante, esteve no Congresso Nacional para forçar uma situação favorável a fim de que o 'Golpe' (impeachment), como era chamado pelos petistas, não prosperasse.

No dia seguinte, a ex-presidente recebeu a sentença, a qual deliberava o seu afastamento imediatamente da presidência da República. Logo, alguns de seus aliados, já prevendo a condenação, deslocaram-se para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), a fim de entregarem os documentos de Dilma, na intenção de aposentá-la. O procedimento foi concluído naquele exato momento e nem a presença da petista foi requerida pelo órgão.

Pronto! Como em um passe de mágica, Dilma estava aposentada e com o teto máximo de R$ 5.189,82. Passado alguns dias, organizou pessoalmente a sua mudança definitiva e liberou o Palácio da Alvorada, para Michel Temer, o atual presidente da República, que outrora, respondia apenas como vice-presidente.

Publicidade

Com residência fixada no sul do país, mais propriamente em Porto Alegre, Dilma passou a ser uma cidadã comum, exceto por alguns benefícios: oito servidores de livre escolha distribuídos em seguranças, assessorias e motorista, além de dois carros oficiais, foram disponibilizado à ex-presidente.

Novo cargo em fundação petista

Após quase seis meses de seu afastamento, a ex-presidente resolveu dar seguimento à sua vida profissional e começou aceitando a proposta de Rui Falcão para assumir o cargo de presidente do Conselho da Fundação Perseu Abramo. Embora Falcão quisesse que ela assumisse a presidência geral, fatores internos (funcionários) recusaram a ideia, restando então recebê-la no Conselho.

Segundo a reportagem, "a presidência do conselho tem caráter figurativo". Sem muito que se preocupar; afinal, Dilma receberá um valor pela sua presença em reuniões trimestrais, nada além do que fez na Presidência da República.

Ademais, a proposta de Falcão foi realizada em meio a um evento com a presença da petista, do ex-presidente Lula e o ex-ministro Jaques Wagner. A nomeação está agendada para dezembro, momento em que será formalizado o convite.

Por fim, o presidente do PT argumentou sobre a atual fonte de renda de Dilma, a qual respondeu que tem "direito a um salário de R$ 5 mil". #Lula