Escrever é realmente algo fantástico, místico até. Anos atrás, quando eu estava em sala de aula, um aluno me perguntou como fazer um texto, uma redação com começo, meio e fim: ele começava, fazia um ou dois parágrafos e...empacava...acabam-se as ideias.

Tentei mostrar para a sala que era como fazer tricô: um ponto puxa outro e na escrita também é assim, uma ideia puxa outra. Muitos nem sabiam (ou lembravam) o que era tricô! Na aula seguinte, lá fui eu de novelo e agulhas na mão. Levei a primeira carreira pronta e a turma se sentou em um meio círculo, bem perto de mim.

À medida que eu fazia tricô, eles se empolgavam, lembravam e alguns até se admiravam.

Publicidade
Publicidade

Mostrei que a linha do grande novelo, puxava novos pontos dos pontos que estavam na agulha e dessa maneira o tricô aumentava de tamanho. Nos textos também é assim, você escreve, lê, relê, torna a ler e uma ideia vai se ligando àquela que você escreveu e o texto vai crescendo, tomando forma e ganhando os tais "começo, meio e fim".

Pode parecer mágica ou parecer místico, mas é só começar e não ter preguiça ou vergonha de ler o que já escreveu. As ideias vão surgindo, vão se unindo à ideia anterior e aí vem a sensação prazerosa de ter criado algo inédito, que saiu da sua cabeça, sem ter sido copiada de qualquer outro lugar.

Um texto, quando bem escrito, é capaz de fazer quem lê chorar, rir, sentir medo e até raiva. Essa é a verdadeira magia da leitura e da escrita, que é capaz de fazer as pessoas viajarem no tempo, descobrirem o passado de um povo, imaginar o futuro e viver ou criticar o momento atual.

Publicidade

Enquanto existirem escritores e seus textos, a imaginação e a saúde mental de um povo leitor, é claro, estará preservada. Nada nem ninguém conseguirá destruir o poder que tem um texto e a arte de se escrever não é algo impossível, como algumas pessoas pensam. É só uma questão de treino e incentivo!

Crianças, mesmo na mais tenra idade, podem ser incentivadas a criar histórias, a gostar de livros e de ler. Cabe aos pais e professores esse incentivo. #Como escrever bem #A magia de escrever #O que a redação tem haver com o tricô