Rodrigo sempre amou os #Animais e esse amor sempre foi visível em seus muitos vídeos, pois além de ter vários cachorros em sua casa, sempre que podia ajudava animais abandonados. Rodrigo começou a gravar vídeos de Ninão, seu cachorro, e logo o animal se transformou em uma celebridade da internet.

Com o passar do tempo, o canal ‘Pai do Ninão’ ultrapassou cem mil inscrições e Ninão se tornou o primeiro cachorro a conquistar a famosa placa que o Youtube envia para seus criadores de conteúdo mais populares.

Ninão ganhou companhia durante os vídeos e inúmeras vezes dividiu cena com a Dona Nina, mãe de seus seis filhos e claro, os herdeiros que viviam na casa.

Publicidade
Publicidade

Também há uma cadelinha ‘super dócil’ e que ama carinho no pé, a Fetúcia, que aparecia junto ao anfitrião do canal.

A família ‘ninônica’ cresceu, conquistou o Brasil e no dia 13 de dezembro, Ninão foi brincar no céu dos cachorros e deixou muita gente com o coração partido. Rodrigo, dono do cão, fez duas publicações cheias de emoção e sinceridade na página oficial do Ninão, no Facebook, seguida por quase 700 mil pessoas.

Nessa quarta-feira, 28, Rodrigo divulgou um vídeo comovente, onde mostra cenas de Ninão, com trilha sonora intensa e finaliza o vídeo mostrando o vazio que ficou com a ausência de seu amigo, onde uma coleira está sob duas fotos do cachorro, ao lado da câmera usada para gravar as divertidas brincadeiras entre o cão e seu dono. Em um gesto de emoção perceptível. Rodrigo aperta a coleira vazia entre as mãos e respira fundo, a tela fica preta e a trilha sonora prossegue sem imagem por alguns segundos.

Publicidade

Através do Facebook, o vídeo já ultrapassou um milhão de visualizações.

Assista ao vídeo:

Ninão tinha dez anos e foi adotado por Rodrigo quando ainda era filhote, em 2007. O cachorro sempre se destacou dentre os outros #Cães que já viviam na casa de Rodrigo, o que o tornou o ‘cão mais expressivo da internet’, com direito a reportagem especial no Câmera Record e loja de produtos virtuais com a foto e nome de Nino.

Rodrigo ainda está abalado e não sabe como ficará o canal de vídeos no Youtube, mas seja qual for a decisão, ainda que queira continuar a publicar vídeos dos seus outros cachorros, só irá acontecer quando essa fase de luto passar. Muitas pessoas têm enviado mensagem de apoio e carinho desde que souberam da triste notícia.

Sem querer, o cachorro falante da internet se transformou no cachorro virtual de muita gente. Só quem já teve um cão que mudou sua vida, entenderá a dor do Pai do Ninão. #Viral