Um homem furtou uma bolsa que estava dentro de um carro estacionado parado na rua. Tratava-se de uma peça caríssima, porém, após dois dias, a bolsa foi devolvida quase com tudo dentro e ainda foi deixada com um pedido de desculpas, o qual mostrava claramente que, segundo o ladrão, Deus o mandou devolver o que foi surrupiado. No entanto, ele ficou com todo o dinheiro que estava lá. O ladrão supostamente teria sido 'tocado' por Deus para que devolvesse o que roubou à dona. O curioso caso aconteceu na cidade de Porto Velho, em #Rondônia, e tem repercutido nas redes sociais em que a vítima publicou o caso.

Em entrevista, a moça que foi surrupiada conta que estacionou o carro para frequentar a academia e que esta era uma prática cotidiana.

Publicidade
Publicidade

Ainda ressaltou que, ao voltar para o carro, não notou nenhum sinal de que o carro tivesse sido arrombado para que sua bolsa fosse roubada. Os policiais acreditam que o gatuno estava usando um aparelho chamado 'Chapolin', que impede que a central do carro trave as portas do automóvel.

Ao prestar queixa na delegacia, veio a surpresa. O ladrão, após surrupiar toda a quantidade em dinheiro que havia dentro da bolsa, lançou-a dentro de uma casa de freiras da região. Assustadas, as freiras ligaram imediatamente para a polícia, que se responsabilizou em devolver a peça e os documentos a dona. A vítima ainda conta que perdoou o ladrão, e pensa que ele provavelmente teria que ter feito isso por necessidade. Embora seus documentos tenham sido recuperados, já havia dado entrada em outra CNH e cancelado todos os seus cartões que estavam dentro do objeto que foi levado.

Publicidade

Sem duvidas, o caso é curiosamente #Cômico. O roubo é um crime altamente repudiado na sociedade que tem crescido de maneira muito rápida em todo o território brasileiro. Como nem todos os ladrões são religiosos como este foi, o que se pode fazer é tomar precaução. Se a moça que teve sua bolsa furtada tivesse tomado o devido cuidado de não deixar coisas de valor dentro do carro, o crime não teria acontecido. #roubo