Um boato estava causando medo em diversos internautas: o chip da besta começaria a ser colocado nos brasileiros. Porém, em um vídeo divulgado pela frente parlamentar evangélica, toda a história foi desmentida. Mais conhecida como Bancada Evangélica, a frente parlamentar evangélica comentou o boato de que o atual presidente #Michel Temer estaria, de maneira escondida, fechando um acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU) para que fosse iniciado o processo de colocação do famoso chip da besta.

A marca da besta é algo bastante polêmico por todo o mundo. Muitos especulam que ela virá na forma de um chip. A marca nada mais é do que a representação do anticristo.

Publicidade
Publicidade

O famoso chip é dado como um objeto que irá ajudar em diversas áreas pois ele funciona como um identificador. Mas como assim?

Simples, querem aplicar ele com o pretexto de ajudar as pessoas, como por exemplo em caso de um acidente de carro no qual a vítima socorrida está desacordado e o chip vem com informações a respeito do paciente: mostrando as alergias que ele tem, se já fez alguma cirurgia ou se já recebeu sangue, entre diversas outras possibilidades.

No vídeo, o deputado João Campos, do PRB-GO, é o porta voz dos demais parlamentares. Ele nega qualquer possibilidade de que haja implantação deste chip nos brasileiros. Ele relata que há diversas mentiras circulando por toda a internet e pede que a população tenha cuidado com estas informações falsas e cita o exemplo da informação transmitida nesta reportagem que você está lendo.

Publicidade

O parlamentar é conhecido por seu projeto da "cura gay". Ele relata que há um projeto se iniciando para tentar evitar que, futuramente, esse chip seja implantado. Mas como? Simples, eles querem reduzir a quantidade de documentos que temos que carregar por aí para apenas um.

Um tempo atrás o registro geral de identidade (RG) não vinha impresso no mesmo papel do cadastro de pessoa física (CPF), como atualmente é. Isso evita diversas complicações que a população pode ter. Eles querem implementar uma ideia igual, no qual vários documentos tornam-se apenas um, assim, facilitando a vida dos brasileiros e evitando a necessidade da implementação do chip.

Veja o Vídeo

#Legislação #Religião