Os cuidados com os cães iniciam em sua domesticação e toda dedicação que os seres humanos têm com esses #Animais logo é retribuída. Desde sua preparação e cuidado, os animais aprenderam a estabelecer uma sociedade quase mútua entre a cria e seu criador, sendo tão eficaz quanto à relação amorosa entre duas pessoas. Nestes intercâmbios, ambos saem ganhando, pois, o canino vem desempenhando tarefas além do imaginado.

Ao longo de vários períodos, os caninos se tornaram mais do que apenas um auxiliador do homem. Pois todas as façanhas que vemos, ultimamente, falam por si só. Cães que fazem resgate em várias modalidades de acidentes, transmitindo ao mundo uma imagem avançada de ser vivo que não é apenas para eventuais companhias.

Publicidade
Publicidade

Estudos relacionados à capacidade comportamental dos cães demonstraram que os da espécie Poodles, originário da África, são excelentes companheiros em caças, resgatando as aves aquáticas. Cada época é determinante para o seu desenvolvimento, no período da idade média era considerado cães de falcoaria (Arte de criar, treinar e cuidar de falcões), estes caninos se ocupavam de buscar os patos e perdizes que após baleados ficavam perdido no mato, antes apenas tarefa do falcão peregrino.

A habilidade destes caninos tinha inúmeras funções, a exemplo: do resgate das fechas dos caçadores ao disparar não tendo bom êxito em sua investida, dificilmente iria ao encontro desse material. Entretanto, a dedicação e treinamento com essa raça rendeu a eles fama e entretenimento ao público quando colocado em espetáculos.

Publicidade

Apesar disso esses cães continuam sendo bem conhecidos pela aptidão do seu olfato em decifrar com facilidade as trufas enterradas.

Nos tempos atuais, alguns desses caninos pertencem as guardas alfandegárias, trabalhando próximo as fronteiras, em serviços como: farejar entorpecentes, atividades comunitárias como levar deficientes de um lugar para outro, apoiando pessoas em caso de terapias com crianças autistas, além de companhia para idosos. A interação dos poodles com seu dono é muito forte e se forem adestrados pode até avisar de um ataque de doenças, como epilepsia repentina. Há casos de poodles que sabem identificar até o câncer.

Eles não só ajudam os deficientes auditivos, mas também são cães de apoio para deficientes e assistentes terapêuticos para crianças autistas ou idosos.

Não se tratando apenas dessa raça específica aqui citada, esses caninos desempenham papel fundamental na vida dos seres humanos. Com seu excelente faro, demonstra sua utilidade e destreza diante de diversas situações do cotidiano. #humano #Cachorros