Muitos esquecem que por trás destas fardas há seres humanos como nós, que sofrem com perdas, se alegram com realizações, etc. Após uma delicada operação na favela Cidade de Deus, que resultou na #Morte de quatro policiais com a queda do helicóptero abatido por traficantes, os policiais se reúnem em um ato de fé para orar, pedindo forças para Deus e por seus companheiros. O ato emocionou muitas pessoas pela internet.

Poucos conseguem entender o peso que é ser policial em um país que não valoriza seus seguranças. Eles deixam suas famílias em casa para proteger as famílias dos cidadãos. Neste dia, quatro policiais não puderam mais voltar para suas casas pois foram mortos: o major Rogério Melo Costa, o capitão William de Freitas, o subtenente Camilo Barbosa Carvalho e o sargento Rogério Felix Rainha.

Publicidade
Publicidade

O acidente foi presenciado por diversas pessoas que estavam próximas ao local. Alguns, até, filmaram o momento em que a aeronave caiu. As cenas da queda foram publicadas na internet e exibidas na rede televisiva. Alguns, que defendem o trabalho policial, ficaram bastante emocionados com a queda da aeronave.

Pouco tempo depois, foi divulgado pela internet um vídeo - que foi ignorado pelas grandes mídias televisivas - que mostra policiais do Estado do Espírito Santo em uma reunião após serem informados de que haviam perdido mais quatro colegas de profissão no Rio de Janeiro. O vídeo mostra os policiais louvando a Deus em busca de forças para que possam continuar defendendo a sociedade.

A música que é interpretada pelos guerreiros urbanos é a 'Descansarei', composta pelo pastor Reuben Morgan, cujo sua versão original, em inglês, é nomeada por 'Still'.

Publicidade

O vídeo foi publicado pelo 1º tenente da Polícia Militar de São Paulo, Guilherme Derrite, que ainda comentou que estava abalado com tantas perdas e que os guerreiros do Espírito Santo acharam em Deus a força que precisavam para continuar batalhando e defendendo a sociedade e combatendo toda a criminalidade com "unhas e dentes".

Confira o vídeo:

#Religião #Casos de polícia