Adrian Murray, 24 anos, após sair de uma festinha, decidiu que iria pegar seu carro e dirigir, mesmo estando alcoolizado. Infelizmente, a vida de um garoto de 9 anos de idade foi ceifada pela imprudência do rapaz. Josiah morreu atropelado pelo jovem alcoolizado. Apesar da triste história, o pai do garoto resolveu dar uma aula do que é ser cristão e perdoou o assassino de seu filho.

O #Acidente aconteceu na cidade de Springwood, em Brisbane, na Austrália. A época para esta tragédia acontecer não foi uma data tão favorável, haja vista que estamos passando pelas festividades de fim de ano, onde, geralmente, as pessoas sentem mais falta daqueles que eles perderam no decorrer da vida.

Publicidade
Publicidade

O encontro entre o pai e o jovem ocorreu na igreja em que Karl Sisson (pai do garoto) ministra seus cultos, logo no dia seguinte à tragédia. Um fiel, que estava presente no local no momento do encontro, relatou que foi bastante emocionante. Contou, também que Adrian caiu nos braços de Karl e que o pai do garoto foi corajoso o suficiente para segurá-lo e tratá-lo com todo o respeito. “Como é de se imaginar, foi um momento de muita emoção para todos”, finalizou Peter Field, que também é pastor da igreja.

Muitos se perguntaram se o pai foi correto em perdoar o jovem que tirou a vida de seu filho. Entretanto, ele afirma que sim, foi o certo, pois é o que Jesus Cristo ensina a todos. Contou que Jesus foi cruxificado ao lado de ladrões e, antes de morrer, ainda pediu para que Deus perdoasse os pecados daqueles que lhe fizeram mal.

Publicidade

Segundo testemunhas, o acidente aconteceu quando Josiah estava no quintal de sua casa observando os enfeites natalinos. Adrian estava passando no local quando perdeu o controle de seu carro que invadiu o quintal e acabou atropelando o garotinho.

Agora, grande pergunta fica para você, caro leitor. Se você se colocar no lugar do pai, diante desses difíceis acontecimentos, você perdoaria o rapaz? Mesmo se fosse por pura imprudência, como neste caso? Deixe a sua opinião logo abaixo. #Família #Religião