Nos últimos meses, um assunto que está em alta na mídia é o número de desempregados no Brasil. Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), o Brasil deve alcançar 13 milhões de pessoas sem um trabalho com registro em carteira em 2017.

É bem possível que no seu círculo social você já ouviu pelo menos um conhecido reclamando da dificuldade que está tendo para conseguir um #Emprego. Porém, você já parou para pensar que suas atitudes tanto no dia a dia quanto na vida online podem estar prejudicando seu recrutamento pelas empresas.

Aprenda agora 5 atitudes que devem ser evitadas na hora de buscar um emprego

  • Currículo nas redes sociais

    Fazer uso das redes sociais pode facilitar o caminho para concorrer a uma oportunidade de emprego. O problema é quando a pessoa acredita que o copia e cola do currículo em grupos, se colocando à disposição para qualquer trabalho pode ajudar. Pare hoje mesmo de fazer isso! Acredite, isso não chama a atenção de recrutadores e não aparenta uma postura profissional.

  • Não demonstre desespero

    Mesmo estando há muitos meses sem um emprego, se possível, evite fazer qualquer negócio, aceitando qualquer vaga.

    Em um primeiro momento você aceitará o trabalho mesmo sabendo dos muitos 'entretantos' que a oportunidade tem. Porém, antes mesmo do tempo de experiência terminar, a sua motivação começa a se perder pelo caminho quando bate o alerta que aquele emprego não era bem aquilo que você esperava. Não será difícil prever que seu rendimento e comprometimento vai cair e você pode voltar para a fila dos desempregados.

  • Escorregando no português

    Se em uma conversa alguém te perguntar se você sabe escrever em português, qual a será a sua resposta? Bom, parece uma pergunta sem sentido para quem mora no Brasil, mas não é o que revela boa parte dos currículos que chegam às empresas fisicamente e virtualmente.

    Erros de ortografia, digitação e coerência demonstram falta de atenção ao vender suas habilidades e competências. É preciso revisar e não só usar o corretor ortográfico na hora de escrever seu currículo. Isso evita que ele vá direto para a lixeira.

  • O que o seu perfil revela?

    Seus passos na internet podem estar sendo seguidos e você nem desconfia. Pois é, cada vez mais os recrutadores estão checando o comportamento online dos candidatos. Sua forma de se relacionar em sociedade, preconceitos ou comentários de trabalhos anteriores podem atrapalhar sua participação em processo seletivo.

  • Use a internet ao seu favor

    É difícil resistir aos momentos de ócio que a internet pode proporcionar não é? Mesmo acessando um pouco por dia, se somado em uma semana, esse tempo gasto poderia ser convertido em conhecimento.

    Sabia que há vários sites com cursos de curta duração, em diversas áreas e gratuitos. Aprenda inglês online, domine o Excel, descubra como vender melhor... é só usar a ferramenta de busca mais famosa do mundo, turbinar seu currículo e ganhar novos conhecimentos e novas oportunidades profissionais. #Desemprego