Você tirou a folhinha do ano passado e jogou no lixo para que o ano de #2017 fizesse parte do seu momento presente. De braços abertos, todos querem que esse ano seja diferente: mais próspero, mais feliz, mais pacífico, etc.

Contudo, para que o Ano Novo seja assim - produtivo, esperançoso, otimista e alegre - é necessário que cada um de nós reserve um tempo para projetar e planejar. Na ausência desses dois itens, seus objetivos e sonhos a serem concretizados se tornarão uma execução pesada e confusa ao longo do ano.

Se você já cumpriu essa fase do planejar e de como vai concretizar as coisas que você quer, saiba que deu largos passos em direção ao sucesso.

Publicidade
Publicidade

Pois, os próximos 365 dias (melhor pensar assim do que resumir em um algarismo para o ano) serão as disponibilidades constantes e abertas a você para o cumprimento do que se deseja.

Caso tenha passado pela sua ideia dividir, detalhar ou cortar em pedaços menores os sonhos dos quais você visualizou, novamente está correto. É uma ótima maneira de se atingir ações com o maior grau de eficiência. Comparável a fazer uma viagem de trem: antes de chegar ao destino final, a composição para em algumas estações. Enquanto não se chega ao fim, o trecho onde está parado faz parte do caminho percorrido desde o ponto inicial.

Faça o mesmo, colocando objetivos que podem ser cumpridos a curto, médio e longo prazos. Uma vez estipuladas essas metas, trace um esboço dos recursos, do tempo e dos processos de cada etapa englobada.

Publicidade

Além disso, pense na importância que você dá a uma determinada etapa, objetivo ou meta. Você descobrirá que as notas a serem atribuídas serão diferentes, o que é natural e um bom índice para medir quais são as suas reais prioridades.

Algumas metas podem ser individuais; porém, não raro, seus projetos podem envolver outras pessoas e, na maioria das vezes, envolvem você mesmo. Se quiser realmente que o seu projeto vingue, pondere sobre o nível, atuação, tempo e contribuição das pessoas envolvidas na realização de seus sonhos. Valorizar, motivar, incentivar, sensibilizar e saber reconhecer fazem parte do percurso a ser andado. E lhe trará certa satisfação.

Não há dúvida de que a realidade e as circunstâncias são participantes dessa caminhada; às vezes interferindo, às vezes cooperando como forças dinâmicas aos seus planos. Se você se enerva por causa desses dois fatores, não se exalte. Elas não são estáveis, nem sempre favoráveis e são imprevisíveis. Afinal de contas, quem poderia se abater quando se tem um mapa, um destino ou um plano em mãos para seguir em frente? Diante das incertezas, seja flexível e se adapte ao momento requerido.

Publicidade

Mas, lembre-se: não se abale, não curve o seu nariz até a linha do chão e permaneça firme para, no tempo certo, prosseguir com a sua ideia na cabeça.

Durante a trajetória, tenha em mente que, para sonhos se transformem em verdade, palavras como disciplina, persistência e determinação têm que ser praticadas diariamente. Só assim o otimismo será reforçado. Só assim a convicção será observada. Tudo em direção à realização. Não só a nossa como também a dos outros. #Comportamento #Sociedade