Pensão alimentícia é sempre um assunto que gera #Polêmica e pode gerar cadeia para quem não paga.

A advogada Regina Beatriz Tavares da Silva, que é doutora pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, afirma em um artigo de título: “a prisão de quem não paga pensão alimentícia” que a prisão por falta de pagamento da pensão é fundamentada no direito à vida e ao direito de “integridade física, a integridade psíquica, a honra (reputação social e autoestima)”.

Ela ainda afirma que o bom senso deve imperar sempre e que soluções sejam encontradas para que não tenha que se aplicar a pena ao devedor da pensão. Um fato que poderia passar despercebido, causou grande polêmica essa semana na internet e começou a abranger muito mais pessoas do que o casal envolvido.

Publicidade
Publicidade

Entenda o início

Num classificados no Facebook de Guarapari, Espírito Santo, um jovem fez um post perguntando se alguém tinha dois ingressos do Baile do Dennis para vender e, logo abaixo uma mulher escreveu:

“pague primeiro a pensão do seu filho depois você compra ingresso para o show”

Isso gerou grande polêmica na internet, viralizou e ganhou uma hashtag, a #pagapensaodomenino. Um internauta chegou a comentar que, se essa moda pegar, iria ter muito homem passando vergonha na internet. Até o Dj Dennis, responsável pelo Baile do Dennis postou em seu Twitter, quando soube da comoção dos internautas:

(reprodução: Twitter)

Repercussão

No feriado do dia 25, deste mês, o Gazeta Online publicou que o mal entendido foi ainda mais longe: na tentativa de apaziguar os ânimos, a Brava Eventos fez uma doação VIP, que supostamente seria para o homem que não pagava a pensão.

Publicidade

O tumulto aumentou, os comentários mostraram que as pessoas se revoltaram e a Brava se explicou dizendo que a nota foi mal redigida pela assessoria de comunicação, pediu desculpas à mulher e, como forma de compensação pelos transtornos ofereceu à mulher que não recebe pensão, a quantia de R$ 2 mil.

Veja nota na íntegra, que foi reproduzida pelo Gazeta Online:

Claro que a polêmica, já grande, ficou desproporcional e o último post da Brava Eventos sobre o assunto foi o que vemos a seguir:

#Relacionamento #Família