Sempre que uma moça é decepcionada, ela ouve de outras mulheres "acostume-se, todos os homens são iguais". Infelizmente, o que as pessoas não param para pensar é que são elas as grandes responsáveis por formar homens que futuramente irão decepcioná-las.

Muitas mães são machistas, elas acham que mulheres devem "andar na linha" e que as coisas erradas que os meninos fazem desde pequenos é algo natural, pois homens são "assim mesmo". Mulher não pode bagunçar a casa, pelo contrário, ela deve mantê-la organizada. Já ao homem é permitido ser bagunceiro, pois não compete a ele ajudar a mulher e cuidar da casa, e assim por diante.

Publicidade
Publicidade

Acostumadas a serem decepcionadas, elas ensinam suas filhas a se conformarem, pois "todos os homens são iguais". Desse modo, elas reforçam o comportamento de homens irresponsáveis, que não pensam nas consequências de seus atos, pois eles têm direito a serem promíscuos, entre outras coisas que não competem às mulheres.

Elas agem como se o comportamento machista do homem fosse inato e natural, que é assim que deve ser e acabou. Quando o homem mostra alguma sensibilidade ou delicadeza para com a mulher, logo sua sexualidade é questionada por elas. Eles são ensinados a não demonstrarem sentimentos, não chorar, não serem gentis, pois isso é coisa de homossexual, segundo muitas mulheres.

A realidade é que os homens não são iguais. Existem sim homens bons, assim como muitas mulheres ruins. Infelizmente, muitas acabam encontrando homens que as fazem sofrer, mas isso deve servir de lição para que elas amadureçam e não endureçam seu coração, pois há sim chances de encontrarem um cara legal.

Publicidade

É preciso devolver aos homens o direito de serem o que eles querem, sem impor a maneira como eles devem agir. São pessoas que têm sentimentos como qualquer outra, mas que, infelizmente, também sofrem com o #machismo em uma sociedade que escraviza e dita a forma como eles devem ser. Ser rude, muitas vezes, é um meio de afirmar masculinidade e foi assim que eles aprenderam, mas muitos já viram que não é assim que devem agir.

Cabe à mulher ter discernimento, amando primeiro a si mesmo, não se permitindo ser mal tratada, e nem por isso espalhar infelicidade para outras, já que ela não pode ser feliz, inventando a mentira de que todos são iguais. #romantismo #Relacionamento