O título do texto fala sobre casamento, afinal o casal Harville Hendrix e Helen LaKelly Hunt salvou a união conjugal seguindo o método que eles mesmo criaram. Tanto que escreveram um livro sobre a experiência: “Faça o #Casamento simples: dez verdades para mudar o relacionamento que você tem com aquele que você quer”, em tradução livre.

A técnica aparenta ser tão eficiente que pode ser utilizada em diversas relações: no trabalho, com a família e os amigos. Todos os casais sabem que discussões triviais por uma toalha molhada em cima da cama ou uma saidinha com os amigos sem avisar podem virar o apocalipse.

Pois é o que aconteceu com Harville e Helen.

Publicidade
Publicidade

Após anos de parceria, os conflitos começaram a arruinar a vida a dois. E é claro que eles sabiam que as discussões não eram a razão principal do problema.

“Foi uma época terrível para nós”, disse Hendrix. “Nós mal podíamos nos suportar. Sabíamos que nos amávamos, mas nenhum de nós se sentia amado nem sequer compreendido.”

Certo dia, entraram numa livraria ávidos por qualquer resposta que poderia salvar o casamento. Até que encontraram na seção de astrologia um livro sobre a compatibilidade dos signos.

O que chamou a atenção foi a “profecia” em uma das páginas: “Você irá destruir o seu relacionamento a menos que suspenda todos os hábitos negativos”. Foi o estalo necessário para a mudança.

Decidiram, então, realizar um experimento, cortando toda a negatividade no relacionamento. Parece fácil, mas a prática é muito mais dura que o esperado.

Publicidade

Ao invés de aprender a se comunicar e, assim, tornar-se não-negativo, o casal apenas corta a negatividade - e depois aprende a se comunicar. Após cortarem toda a negatividade, os resultados começaram a surgir.

A ideia de #Divórcio não os assombrava e eles estavam mais felizes que nunca. Mas afinal, qual o segredo do casal?

1. Defina o seu limite

O grande problema com a negatividade é que muitas vezes não sabemos que ela existe. Nosso julgamento está nublado sobre o que estamos realmente dizendo aos nossos parceiros.

Para remover a negatividade, cada um deles teve que admitir os comentários que os machucavam. E aí é preciso coragem!

2. Esteja atento

Ok, seu parceiro entendeu o seu limite. Ele não está mais fazendo comentários que machucam. Exceto ... quando ele escorrega e inconscientemente faz um novo tipo de comentário desastroso.

Em momentos assim, o negócio é respirar fundo e dizer que aquilo não foi legal. Dessa forma, o parceiro repensa a forma que falou.

3. Reprograme o seu cérebro

Uma maneira de medir o seu progresso foi usar um calendário.

Publicidade

Se fossem capazes de ficar um dia inteiro sem comentário negativo, eles colocavam um adesivo de carinha sorridente em cima do dia. Caso não conseguissem, colavam uma carinha brava.

“Demorou dois anos", disse Hendrix, "para que tenhamos 30 dias de caras felizes."

Embora parece infantil, a técnica treina o cérebro a mudar de padrão. Os adesivos ajudam a ver o que aconteceu durante o dia de modo claro.

4. Use a positividade ao seu favor

Além de cortar a negatividade, eles se motivaram a serem mais positivos um com o outro. Então Hendrix e Hunt instituíram uma regra. Cada um deles tinha que listar três coisas que tinham visto o outro fazer naquele dia que fez suas vidas melhor.

Eles chamaram de "três apreciações". E eles tinham de fazê-los todas as noites antes de dormir.

"Na primeira noite em que fizemos isso", disse Helen, "foi rápido". A segunda noite, foi difícil para chegar a três coisas inteiras. A terceira noite, "ficamos em silêncio por um longo, longo tempo."

Ao longo dos meses, porém, o ritual começou a funcionar. Os dois foram forçados a prestar atenção uns aos outros durante o dia, a fim de ter algo gentil, verdadeiro e de apoio para dizer à noite.

"Nós tendemos a pensar no casamento como duas coisas - você e ele", afirma Helen. "Mas há realmente três coisas em jogo: você, ele e o espaço entre vocês dois." #feliz