Pegar no volante depois de ingerir bebida alcoólica não é apenas irresponsabilidade, é algo extremamente perigoso tanto para o próprio condutor quanto para quem está na rua como o ciclista ou pedestre, por exemplo.

De acordo com algumas pesquisas realizadas nessa área, a cada cinco acidentes que ocorrem no trânsito, ao menos um é provocado por um motorista que ingeriu bebida alcoólica.

É interessante observar que nos dados levantados a quantidade de bebida praticamente não importava. Isso porque até mesmo uma simples dose já era capaz de provocar determinadas alterações no corpo do condutor, tais como no reflexo e até mesmo na velocidade de resposta dos movimentos.

Publicidade
Publicidade

De qualquer forma, é interessante saber que tanto a eliminação quanto a absorção do álcool pelo organismo vai depender de cada pessoa, afinal o metabolismo de cada um é diferente do outro. Mas alguns estudos mostram que somente na primeira hora, cerca de 90% do álcool já é absorvido pelo organismo, com isso, a eliminação total pode levar até 12 horas.

A eliminação do álcool dependerá de uma diversidade de fatores. Entre os principais apontados por especialistas estão: a quantidade de álcool ingerida, a capacidade do metabolismo, o sexo da pessoa e até o peso.

Enxaguante bucal tem álcool?

Algumas outras substâncias podem fazer com que o bafômetro acuse a presença de álcool no organismo. Entre elas temos os enxaguantes bucais. Alguns deles tem álcool em uma concentração alta e isso é detectado.

Publicidade

Mas, cerca de 15 minutos após o uso da substância a concentração cai no organismo. Por outro lado, isso não acontece com a cerveja e o vinho já que a concentração de álcool aqui vai aumentando com o tempo.

Sem contar os problemas que podem acontecer no trânsito, o álcool também pode atrapalhar a saúde especialmente se o clima estiver quente.

As altas temperaturas fazem com que o corpo perca mais água. Com a bebida, a eliminação de liquido é ainda maior pela urina. Quem não se cuida repondo o líquido corporal pode acabar ficando desidratado. Mas não é só isso, o álcool pode provocar ou piorar determinadas doenças como a gastrite, anemia, hipertensão e cirrose. #transito #Álcool #Acidente