Quem nunca leu ou ouviu a seguinte frase: 'deixe acontecer'. Parece ser algo inofensivo, mas embora muitas coisas não possam ser resolvidas naquele exato momento, deixar que algumas delas simplesmente aconteçam pode ser muito prejudicial.

Entenda:

No site Minuto Psicologia. um texto para pensar de Andrea Solberg nos faz entender porque muitas vezes o que “deixamos acontecer” pode ser muito danoso.

Em seu texto, ela retrata um exemplo de uma criança que simplesmente deixou de ir a escola por conta de outras crianças. Crianças essas que podem ser nossos filhos, e que, por mais que os amamos, deixamos certas coisas acontecer com eles.

Publicidade
Publicidade

Ser humilhado, menosprezado, empurrado eram apenas algumas das coisas que essa pequena criança convivia todos dos dias, enquanto tentava como todos os outros alunos ter os mesmos sonhos de vida.

Com o tempo, ela cansou de sofrer e simplesmente jogou a toalha no chão.

Mas por que ninguém agiu e simplesmente deixou acontecer?

A verdadeira questão é no deixar para amanhã, e esse amanhã muitas vezes nem chega. Alguns fatores podem determinar como serão nossos dias futuros, e tudo dependerá das escolhas que fizemos hoje.

Nem tudo na vida temos que deixar passar, é preciso lutar pelos nossos interesses e em proteger aqueles que mais amamos. O que passamos para uma criança é o que ela irá se lembrar para o resto da sua vida, e da mesma forma é como a tratamos.

Muitas pessoas acham que certas coisas podem não ser mudadas e simplesmente se acomodam sem ao menos tentar fazer algo que as estimule a continuar na batalha.

Publicidade

Todos nós buscamos as mesmas coisas na vida, que são: o respeito, a independência, a responsabilidade e a empatia do outro. Então, por que também não damos o que queremos ter?

Se sempre deixamos acontecer e não tomarmos uma atitude, nada irá mudar e as coisas simplesmente ficaram estacionadas no mesmo lugar.

Sobre aquela criança, de quem é a culpa por tudo que ela sofreu?

A culpa é dos pais que simplesmente deixaram acontecer. Que não ensinaram seu pequeno, ainda novinho, que não se pode puxar o cabelo do outro, que não se pode morder o outro, que é preciso respeitar para ser respeitado.

Deixamos a desejar no momento que ignoramos o que vemos e simplesmente “deixamos as coisas acontecerem". #Entretenimento #Opinião #Curiosidades