Imagine como você faria para estimular a imaginação dos baixinhos ou para promover e debater sobre o empoderamento feminino, fracasso, desilusões amorosas, e decepções? Agora, imagine como você irá fazer para traduzir assuntos tão complexos? Parece ser uma tarefa impossível de se executar né? Movidas por estas questões, as atrizes Janaína Brizolla e Suelen Ribeiro, do grupo de teatro "As doloridas", aceitaram o desafio e aplicaram a linguagem do palhaço em um dos maiores clássicos dos contos de fadas.

A apresentação realizada no CEU Quinta do Sol, no dia 18 de janeiro, é um espetáculo narrativo inspirado na releitura do livro "Branca de Neve e as sete versões", de José Roberto Torero e Marcus Aurelius Pimenta.

Publicidade
Publicidade

Nesta releitura, o telespectador vai se deparar com um final lúdico e nem um pouco romântico. "Nos clássicos tradicionais, a princesa sempre casa com o príncipe e a gente quis mudar esse padrão", comenta Janaína.

Assim como na adaptação, as atrizes tentam modificar o tempo todo o rumo da história, apresentando diferentes desfechos para a heroína. "No livro tem várias possibilidades de finais, vai da sua decisão e do caminho que você quer seguir. A Branca de neve pode ter outra ideia e a bruxa pode oferecer outras frutas", acrescenta Suelen se divertindo com a proposta.

Do jogo, também emergirão várias metáforas e reflexões. O grupo dará uma cutucada no #Feminismo ao questionar o lugar da mulher e do homem na sociedade. Vai brincar com a dor e com os sentimentos, ao falar das decepções e frustrações.

Publicidade

Tudo isso sem perder o humor e a leveza palhaço. "Dar a possibilidade de oferecer vários caminhos. É você se deixar decepcionar com um não casamento e depois se recuperar e descobrir outras coisas. É ser dona do castelo", diz Suelen.

Sobre a parceria

O grupo nasceu a partir da parceria entre as atrizes Janaína Brizolla e Suelen Ribeiro, que estudaram juntas a linguagem do palhaço. A ideia surgiu numa dessas voltas para casa, quando ambas estavam acabadas e tristes por conta de um término de relacionamento. "A gente estava aqui sofrendo, como a gente está dolorida. Cheia de frescura", explica Janaína.

Confira mais detalhes deste bate papo exclusivo pelo link:

#ContosDeFadas #BrancaDeNeve