O mês de fevereiro é o mais aguardado para os fãs da MLB (Major League Baseball), pois é quando os clubes começam seu treinamento de primavera, o famoso #Spring Training. Após o termino da temporada regular em outubro e da #offseason em outubro/novembro, os torcedores aguardam ansiosos par ver os reforços dos times se apresentarem. Os arremessadores e receptores se apresentam e os defensores e rebatedores só aparecem alguns dias depois.

Porém a bruxa resolveu rondar os campos neste mês de fevereiro, muitas estrelas estão afastadas por se lesionarem e algumas novidades, que não chegaram a estrear, já estão no departamento médico.

Publicidade
Publicidade

Veja os principais desfalques desse início de temporada.

New York Mets

O defensor da primeira base Lucas Duda ficará afastado dos gramados por mais tempo do que era esperado. O jogador de 31 anos, começou a temporada de 2017 afastado dos gramados com fortes dores nas costas, decorrentes da fratura que o afastou de 107 partidas na temporada passada. Para conseguir suportar a dor e dar continuidade ao tratamento, Duda precisou receber duas injeções de cortisona e está afastado dos treinamentos.

Se essa baixa já não fosse o suficiente para atrapalhar os planos dos #Mets, outra lesão está tirando o sono de Terry Collings, manager do time. O jogador da terceira base David Wright está lutando contra uma nova lesão. O veterano de 34 anos foi diagnosticado com uma lesão no ombro em decorrência da grande repetição de movimentos, não foi diagnosticado nenhum dano estrutural ou comprometimento no ombro do atleta.

Publicidade

Wright está liberado para atuar como rebatedor, mas mesmo com essa condição sua participação no Opening Day está sendo estudada. O histórico de lesões do jogador vem sendo levado em conta para tomar a decisão, já que Wright atuou em apenas 75 partidas nas duas últimas temporadas, desde 2011 o jogador já se ausentou de 400 jogos.

Texas Rangers

Josh Hamilton passou pela quarta cirurgia no no joelho esqueço e ficará afastado pelos próximos meses. Com o histórico de lesões, seu futuro na Major league ainda é incerto e muito se fala em uma aposentadoria precoce.

Baltimore Orioles

O outfielder Michael Bourn fraturou o dedo e virou dúvida para o Opening Day no dia 3 de abril. O jogador, de 34 anos, não jogava futebol americano desde sua época de colégio e em uma brincadeira durante a concentração do Spring Training foi receber um lançamento com uma bola de futebol americano e fraturou o dedo. O tempo de recuperação está previsto em 4 semanas.

Cleveland Indians

O time vice-campeão da temporada passada perderá o seu jogador da segunda base pela próxima semana.

Publicidade

Jason Kipnis sentiu um desconforto no ombro que foi diagnosticado como uma lesão leve. Kipnis fez uma ressonância magnética e recebeu uma dose de cortisona para aliviar as dores. Mesmo com a lesão, era esperado que o jogador atuasse como rebatedor designado (DH), mas durante os treinos de sábado sentiu uma tensão no manguito rotator e está fora do time pelos próximos dias por precaução. Sua recuperação não deve levar muito tempo e Kipnis deverá estar presente para a abertura da temporada.

Minnesota Twins

Pela segunda vez nos últimos três anos, os Twins perdem um de seus melhores prospectos para o procedimento cirúrgico, #Tommy John. Nesta quarta-feira, foi anunciado que a primeira escolha do draft de 2016, Alex Kirilloff, passará pela cirurgia no dia 8 de março. Kirilloff lesionou o cotovelo após um arremesso no dia 28 de agosto e, mesmo fazendo reabilitação preventiva, a recuperação não foi como desejada e ele deverá operar na próxima semana. O jogador de 19 anos poderá voltar a uma rotina leve de treinamentos de fundamentos só daqui a 5 meses e provavelmente perderá toda a temporada 2017. #MLB