Antes mesmo de toda essa polêmica da Carne Fraca, muitas pessoas já se perguntavam "por que parar de comer carne?".

Alguns param pela saúde, já que existem vários estudos associando o consumo de carne, principalmente a vermelha, a câncer e infartos. Outros têm a empatia animal como grande impulso, só de pensar no sofrimento dos animais em matadouros já descartam um belo pedaço de bife. Alguns por questões religiosas e por aí vai a lista.

A OMS aconselha a diminuição de carne, principalmente a vermelha, pela suspeita de gorduras saturadas, e com isso o aumento do colesterol, principal fator para ataques cardíacos, fora o AVC, que pode atingir qualquer pessoa em qualquer momento, sem prévio aviso.

Publicidade
Publicidade

Os alimentos de origem animal não são saudáveis para o organismo humano, mesmo seus derivados, como leite, ovo e queijos devem ser consumidos com moderação por conter gordura animal.

Outro fator que muitos esquecem é que aquela famosa frase "você é o que você come" também se aplica muito aos animais. O seu corpo absorve todos os nutrientes da comida para sobreviver, se você come muito açúcar, gordura e afins, normalmente seu sangue e corpo está cheio desses elementos, sendo não muito saudável, com altos níveis de colesterol e doenças. Nos animais funciona da mesma forma, para produzir em grande escala, muito hormônio é injetado em vacas, por exemplo, para produzir mais leite. Esse hormônio fica em seu corpo, e ao ingerir a carne, adivinha o que acontece? Fora as rações quimicamente tratadas dadas a esses bichos.

Publicidade

Fora esses fatores, a industria é muito cruel, animais tratados como lixo, muitas vezes tendo seus membros cortados ainda vivos. Na internet, há vários documentários contando e mostrando a realidade que muitos preferem fechar os olhos.

É aquilo, "o que os olhos não veem o coração não sente" ou "se não me afeta diretamente não me importa, desde que eu não sofra, tudo vale".

Como um ingrediente pesado, nosso intestino também demora para sua digestão, muitas vezes provocando desconfortos e prisão de vente em muitas pessoas.

Atualmente, viver sem carne é muito fácil, temos tantas opções vegetais para comer e a cada dia a industria vegana e vegetariana se renova para aumentar as opções e sabores para agradar à todos. Fora que você se reinventa a cada dia e conhece sabores novos e novas formas de preparar tal prato sem estar com nenhum bicho morto fazendo parte do seu cardápio.

A transição é demorada, comece tirando uma carne por vez, fazendo um dia da semana sem carne, depois 2, 3 ,4 e por ai vai.

Pesquise sobre a dieta vegetariana, veja videos, procure receitas e veja quantas opções de alimentação saudável e sem crueldade temos.

Procure um profissional de saúde para te auxiliar no processo e veja os benefícios adquiridos com o tempo. #Brasil #2017 #Carne Fraca