Recentemente, a apresentadora Ana Maria Braga recebeu, em seu programa, o Dr. Luiz Kignel, especialista em Direito da família. O advogado discorreu sobre os aspectos que estão por trás do litígio matrimonial, dando principal ênfase a todo trâmite burocrático que segue-se ao processo de separação.

Segundo o último censo do IBGE, nos últimos 10 anos, o número de divórcios no Brasil cresceu 160%. Diante desse quadro, muitos especialistas têm buscado compreender as questões usadas como justificativa para a separação conjugal. Em recente artigo publicado na revista Infomoney, o Dr Kignel listou as cinco principais alegações que levam homens e mulheres a optarem pelo litígio.

Publicidade
Publicidade

Os 5 motivos alegados pelos homens

1. Relacionamento extraconjugal - É interessante a diferença entre homens e mulheres, pois, na lista feminina, esta causa aparece em último lugar. Isso mostra o quanto nosso país ainda é machista.

2. Desgaste no relacionamento (falta de respeito) - Em ambos os casos esse motivo foi citado, o que comprova que é muito difícil manter um relacionamento quando falta o respeito e a cumplicidade entre os #Cônjuges.

3. Problemas de relacionamento com a família do cônjuge - O que aparentemente parece algo de pouca relevância, pode vir a se tornar um grande obstáculo para a vida a dois.

4. Falta de Dinheiro - A falta de estabilidade financeira também é um grande desafio para os casais, em especial para os mais jovens e com menos formação profissional.

5. Problema de relacionamento com os filhos - O que em certa parte já é resultado do desgaste do relacionamento acaba colaborando também para o fim da união.

Publicidade

As 5 causas sob o ponto de vista das mulheres

1. Desgaste no relacionamento (falta de respeito) - No caso das mulheres o desgaste no relacionamento é o principal motivo para o fim do casamento.

2. Problemas de relacionamento com a família do cônjuge - Qualquer relacionamento é abalado quando existe interferência por parte das famílias de ambos os cônjuges. Nesse caso, prevalece o ditado que diz: "Em problemas de marido e mulher ninguém deve meter a colher".

3. Problemas de relacionamentos com os filhos - Os problemas entre o casal, com certeza, vão refletir diretamente na vida dos filhos.

4. Falta de dinheiro - As cobranças vindas das demandas financeiras podem tornar-se pesadas demais para o casal.

5. Relacionamento extraconjugal - As mulheres estão mais aptas que os homens em relação ao perdão pela traição, mas chega um momento que esse fardo fica insustentável.

Os cinco motivos são os mesmos, mas variam de posição na ótica de homens e mulheres. Para os especialistas no assunto, o casal deve buscar sempre a reconciliação, pois a separação sempre deixará sequelas em todos os envolvidos. #Divórcio #2017