Não é de hoje que muitos jovens no Brasil buscam o primeiro emprego. Fato que um dos programas de inserção no mercado de trabalho é o "Jovem Aprendiz". Programa este que busca jovens entre 16 e 21 anos de idade para colocação e aprendizado nos mais variados setores da economia. Visa o preparo emocional e intelectual destes, visto que, uma vez inserido no mercado, ocorrerá por si só o desenvolvimento profissional, intelectual e social do indivíduo.

No entanto, jovens têm esbarrado no oportunismo do mercado de cursos preparatórios. Uma vez engajados na busca pelo primeiro emprego, estes são atraídos com falsas promessas de estágios e encaminhamentos para vagas de empregos, convidados a participar de fictícias entrevistas, são atraídos e convencidos a matricular-se em tais cursos, comprometendo ainda mais suas já "quebradas" rendas familiares.

Publicidade
Publicidade

"Jovem Aprendiz", por si só, já denominaria a certeza de jovens aptos ao aprendizado, dispostos a entender o funcionamento de uma empresa ou setor da economia. No entanto, observa-se que neste país chamado Brasil, todo setor desenvolve um oportunismo em relação aos menos avisados, sob o argumento de que o jovem, em sua grande maioria, é despreparado.

As novas gerações, X, Y, Z, entre outras, esbarram hoje nestas questões e continuarão tendo que se superar, tal qual as gerações passadas, pois sempre seremos "o lado fraco da corda", mas nem tudo é perdido, pois também há de lembrar que existem muitos cursos on line gratuitos, profissionais e instituições, serviços de pessoas que dedicam-se de forma gratuita, apenas com o afinco de ajudar a quem precisa.

Em Curitiba, apresenta-se uma pequena amostra do que acontece por todo o país.

Publicidade

Cabe a todo jovem ou cidadão não permitir-se enganar. O desespero na busca do primeiro emprego pode, de uma forma ou de outra, pesar na decisão de firmar um pacote de cursos, diga-se de passagem, nem sempre conveniente ao jovem ou ao seu crescimento profissional. Todo cuidado é pouco, ainda mais quando se trata do próprio futuro. #Curso