Desde da era medieval, os muçulmanos já são um problema para o mundo #ocidental. Entre estupros, sequestros, decapitações entre outras barbaridades. Por esse motivos ocorreram as famosas cruzadas. Agora, a cultura maldita ainda continua impregnada na mentalidade islâmica pelos séculos e os cristãos no podem reagir a mais de 100 mil mortos por ano do seu povo no Oriente Médio somente por serem cristãos. Talvez isso se dê porque estamos sobre uma espécie de síndrome de "Estocolmo satânica", eles nos atacam e matam nossos inocentes e ainda falamos que são a "religião da paz" ou qualquer coisa é "discurso de ódio".

Continuando a ideologia da Síndrome do Estocolmo, a crise de "mulher de bandido" dos intelectuais e líderes de estados ocidentais.

Publicidade
Publicidade

Tivemos recentemente alguns "choros" em relação a algumas medidas anti-terroristas tomadas por alguns lideres de verdade, que não querem o mesmo que esta acontecendo na França onde um terço da sua população já é muçulmana. A história mostra que esse potencial de muçulmanos em um país é uma bomba relógio. Sabemos que esse tipo de atitude destes "pensadores" defensores muçulmanos não passa de uma hipocrisia. Sabemos também que nenhum deles aceitaria alguém em sua casa que não respeitasse sua escolha #religiosa.

Antes que digam que esse "islã criminoso", que mata gente, é uma ramificação ruim, isso não e verdade. Existem trechos, no Alcorão, que justificam e até incentivam as práticas violentas e criminosas que acontecem ultimamente. Aqui estão alguns:

2 (sura ou surata): 191 (capítulo) - Matai-os onde quer se os encontreis e expulsai-os de onde vos expulsaram, porque a perseguição é mais grave do que o homicídio.

Publicidade

Não os combatais nas cercanias da Mesquita Sagrada, a menos que vos ataquem. Mas, se ali vos combaterem, matai-os. Tal será o castigo aos incrédulos.

3:32 - Obedeça a Deus e ao Mensageiro. Mas, se se recusarem - então, de fato, Deus não gosta dos descrentes.

3:151 - Infundiremos terror nos corações dos incrédulos, por terem atribuído a Deus, sem que Ele lhes tivesse conferido autoridade alguma para isso.

4:24 - Também vos está vedado desposar as mulheres casadas, salvo as (prisioneiras e escravas) que tendes à mão. Tal é a lei que Deus vos impõe.

5:33 - O castigo, para aqueles que lutam contra Deus e contra o Seu Mensageiro e semeiam a corrupção na terra, é que sejam mortos, ou crucificados, ou lhes seja decepada a mão e o pé opostos, ou banidos. Tal será, para eles, um aviltamento nesse mundo e, no outro, sofrerão um severo castigo.

5:36 - ainda que os incrédulos possuíssem tudo quanto existisse na Terra e outro tanto de igual valor, e o oferecessem para redimir-se do suplício do Dia da Ressurreição, não lhos seria aceito; sofrerão, isso sim, um severo castigo.

Publicidade

5:37 - Quererão sair do fogo; porém, nunca dele sairão, pois sofrerão um suplício eterno.

5:38 - Quanto ao ladrão e à ladra, decepai-lhes a mão, como castigo de tudo quanto tenham cometido; é um exemplo, que emana de Deus, porque Deus é Poderoso, Prudentíssimo.

5:73 - São blasfemos aqueles que dizem: Deus é um da Trindade!, portanto não existe divindade alguma além do Deus Único. Se não desistirem de tudo quanto afirmam, um doloroso castigo açoitará os incrédulos entre eles.

Como esses trechos fica difícil acreditar na conversa de religião da paz. Quanto tempo o mundo ocidental irá levar para entender que desse jeito não é possível viver civilizadamente com os nosso amigos orientais muçulmanos.

Outras notícias

Mais um atentado terrorista.

O mundo em 30 segundos. #Atentado