Geralmente a programação da primeira viagem de um grupo de amigos ou de uma família ao exterior acontece com muitas expectativas. Viajar significa conhecer povos e culturas diferentes, experimentar sabores diferentes, apreciar sons nunca ouvidos antes, abrir os olhos ao encanto, ouvir um sotaque diferente e quem sabe até aprender uma nova língua? Viajar é despertar todos os órgãos do sentido!

Para alguns, viajar parece uma tarefa fácil, porém a grande maioria das pessoas desconhece o caminho a ser percorrido quando se pensa em fazer uma viagem internacional. Grande parte das pessoas no Brasil dificilmente vai ter a oportunidade de conhecer outro país pela falta de recurso financeiro ou até mesmo por falta de uma cultura que incentive o intercâmbio de saberes.

Publicidade
Publicidade

Quem nasce em um berço economicamente melhor não terá dificuldades para organizar uma viagem a exterior, pois a família já tem a cultura e o hábito de fazer viagens internacionais. A programação da viagem será apenas um dos itens da rotina, não terá muitas novidades.

Para aqueles que nascem menos afortunados existe certa dificuldade ao programar e organizar uma viagem internacional. Porém, isso não quer dizer que não exista o desejo de conhecer outros lugares. O desejo está ali latente, esperando uma pequena fagulha para acender o foguete da partida.

Então, por que quem tem expertise em viagens não pode ajudar aos "ignorantes" no assunto viagens internacionais?

Alguém se anima a dar uma mãozinha?

Talvez um meio de comunicação virtual, de comunicação em massa ou até mesmo um blog pessoal pode ajudar a difundir dicas para os viajantes principiantes.

Publicidade

Que tal se alguém puder instruir e facilitar o passo a passo dessa viagem?

As dicas podem começar desde aquelas sobre como tirar o passaporte, onde se faz o passaporte, os documentos necessários, os custos e taxas e os prazos para a entrega do documento. Como tirar o visto? Quais são os postos dos consulados para aprovação do visto, os custos e taxas, a entrevista no consulado?

É fundamental a escolha de uma boa agência de viagens para os viajantes de primeira viagem. Quantas vezes ouvimos de um conhecido que foi preciso descartar algo que levava na mala? Então, é necessário se ter a informação sobre o que é ou não permitido levar na mala.

Outras informações adicionais como saber sobre o #aeroporto do outro país, o idioma, a hospedagem, os restaurantes, o serviço de táxi, o serviço de telefonia móvel, internet e gorjeta no exterior são também necessárias.

Locação de carro, funcionamento de free shops, compras no exterior são outras dificuldades para quem viaja para o exterior sem muita experiência.

Publicidade

Em termos financeiros, como fazer a compra das moedas internacionais nas casas de câmbio e bancos? Quanto levar dinheiro e de que forma levar (cartão, dinheiro em espécie)?

Enfim, como curtir a viagem internacional sem muitos perrengues? Viajar é reciclar a alma. A rotina enfadonha das mesmas coisas de sempre cansa.

Os mesmos sabores, as mesmas paisagens, os mesmos barulhos, os mesmos ambientes nos faz acostumar com a mesmice e a gente acaba pensando que o mundo é do tamanho que se mostra todos os dias. #Turismo #Europa