Olha, eu tive um #Relacionamento de 6 anos com um capricorniano, então podemos dizer que eu me formei e fiz pós-graduação nesse signo. Talvez seja muita verdade sobre o que falam sobre o zelo das pessoas desse signo sobre o dinheiro e sobre seu trabalho. Seu jeito metódico pode irritar quem escolhe seguir a vida com o que ela tem a apresentar para nós.

Publicidade

Quando me relacionei com o capricorniano, eu tive que aprender que o trabalho dele estava em primeiro lugar. Sim, pois eles sabem que relacionamentos podem ir e vir, mas o trabalho é quem fica e quem, de fato, dignifica. O trabalho é só mais uma forma de dizer que eles se importam com o que o futuro reserva e não desejam ser surpreendidos. O trabalho é só mais uma forma de dizer ao mundo, mas principalmente a si mesmos, de que eles estão no controle e o futuro são eles quem fazem..

Publicidade

Um bom capricorniano entende que depender de circunstâncias e outras pessoas pode colocá-los em uma zona de perigo, que é igual a dependência e isso eles não querem.

Muitos optam por se dedicar ao lado material agora (juventude), deixando de lado muitas vezes o espiritual, mas é como se soubessem que conforme passa a vida, se aproximam disso e reconhecem essa importância.

Muitas vezes eu ouvi que capricórnio é “velho” na juventude e “jovem” quando mais velho. É, pode ser. Pois toda a responsabilidade que escolhem viver na juventude, acaba se transformando mais tarde na “descontração” que tiveram de deixar de lado no início de tudo para poderem vencer e chegar em algum lugar na vida.

Os capricornianos são muito mal entendidos no amor, mas também pudera. Esse é um campo que eles “escondem”, por mais uma vez terem o medo de “perder o controle”. Ou pelo mais “simples” dos flagelos: por já terem amado alguém e por essa pessoa pode ter feito um “belo de um estrago” no fim de tudo.

Publicidade

Não que ela seja culpada, mas simplesmente por ter chegado ao fim. Capricornianos são capazes de amar a mesma pessoa por muito tempo, mesmo que escolham estar com outra pessoa (pode acontecer, mas não é regra). Os capricornianos se fecham em uma muralha, pois entregar o coração, algo que nem eles mesmos são capazes de controlar e entender, para uma outra pessoa que eles sabem que não podem “controlar” é viver à beira do abismo e um risco a mais para se machucar.

“Mas então como faço para ter um capricorniano?” Primeiro de tudo. Você nunca vai ter um capricorniano. Eles tem você. Mas se você quer saber como fazer para ele querer algo a mais..Bem, eu não digo que é simples, pois eu demorei 6 anos para “ter” um, mas eu digo também que se é isso que você quer, tenha paciência, pois você terá de rachar a muralha dele aos poucos, conquistar sua confiança, entender suas rotinas e objetivos, ser alguém amigo e compreender. Capricórnio não gosta de pessoas que contestam suas certezas, mas apreciam quem o faz de forma pacífica e branda, como se mostrando um caminho alternativo.

Publicidade

Se você estiver certo no final, isso contará muitos pontos. Capricórnio gosta de quem se importa.

Capricórnio é um dos poucos #signos fiéis no zodíaco. É aquela pessoa que observa o melhor momento para falar tudo o que tem a dizer, inclusive fazem muito isso nas discussões e quando são feridos. Eles podem se abster com silêncio, mas a cabeça deles não para. Não passará em branco se forem realmente machucados. Pode ser que eles escolham demonstrar com a distância que foram feridos do que necessariamente falar.

O trabalho é a forma principal para dizer, quando se está em uma relação, que ele está fazendo as coisas pelo casal, pela família e pelo coletivo e que isso também é uma demonstração de afeto.

Se vocês soubessem que capricornianos possuem uma imensidão dentro de suas mentes, nunca iriam falar que são frios. A frieza é só uma fachada para alguém que está preocupado em vencer a si mesmo e aos seus medos todos os dias. #Literatura