Há muito tempo que as mulheres deixaram de ser somente mães e donas de casa. Através de muitas lutas, elas conquistaram seu espaço na sociedade e provaram que são tão capazes quanto os homens. No entanto, mesmo com a evolução do papel delas na sociedade, ainda é possível encontrar pessoas com pensamentos primitivos em relação ao comportamento e as responsabilidades da mulher.

A maternidade é um bom exemplo do que está sendo dito. Muitas vezes, é possível observar que há uma cobrança maior sobre as mães a respeito da criação dos #Filhos. Para tratar do assunto, a artista Chaunie Brusie criou um quadrinho que mostra como é essa diferença no tratamento.

Publicidade
Publicidade

A constatação é a seguinte: para as mulheres, a maternidade é obrigação, já para os homens a sociedade vê como voluntária. Se você é pai ou mãe, certamente vai se identificar com algumas das situações retratadas.

O primeiro quadrinho mostra o que as pessoas pensam quando veem um pai fazendo compras com seus filhos. “Oh, que ótimo pai...”. No entanto, o mesmo não é válido para a mãe, que quando é vista com os filhos ouve o comentário: “Nossa! Você está bem ocupada!”

O segundo quadrinho mostra como seria uma consulta médica. A criança, quando é levada pelo pai, recebe elogios da profissional. “Ah, o papai fez suas unhas?”. Mas quando é a mãe que acompanha a cobrança é maior. “Você sabia que esmalte é tóxico, né?”

O terceiro quadrinho mostra qual é o assunto dos #pais quando eles saem com os amigos.

Publicidade

Ao pai, o amigo pergunta sobre o jogo: “E aí, você viu o jogo?”. Já com a mãe, o assunto é outro. “E então, como vão as crianças?”

Até mesmo no parque de diversões existe uma diferenciação entre pais e mães. O quarto quadrinho mostra quando um pai leva seus filhos para se divertirem e quando uma mãe leva. “Nossa, que ótimo pai, trazendo os filhos ao parque!”, dizem sobre o pai. “Nossa, ela não está nem olhando para os filhos”, dizem sobre a mãe.

No salão de beleza, a situação não é diferente. Enquanto o pai é perguntado sobre o corte, a mãe é questionada sobre os filhos. “Quem está cuidando das crianças?”