Se jogando futebol, a situação do time do São Paulo é digno de vergonha, o zagueiro Rodrigo Caio deu um bom motivo para que todo o torcedor e brasileiro de bem se orgulhasse ao informar o árbitro que ele estava cometendo um erro ao punir o corintiano por um lance que ele cometeu.

O tricolor perdeu o clássico e praticamente deu adeus à disputa do título paulista mas a atitude honesta do número 3 do São Paulo chamou a atenção do país. Algo de bom para se falar de um time que não tem nada de bom para se falar, futebolisticamente falando.

O que assusta muito é que um simples e correto ato como o que Caio fez chame tanto a atenção.

Publicidade
Publicidade

Isso deveria ser comum em qualquer lugar do mundo. Mas, se chocou tanto, significa que estamos mesmo contaminados pela desonestidade em todos os setores de nossa sociedade. A partir do momento que este fato se destaca assim, temos que parar para pensar para onde estamos caminhando.

O feito do zagueiro tricolor chama ainda mais a atenção porque ocorre no fim de uma semana onde o brasileiro de bem ficou enojado com a tal lista do Fachin onde o que não faltam são exemplos de desonestidade e corrupção na nossa política. Fatos que muitos já imaginavam mas que foi confirmado.

Mais um motivo que engrandece ainda mais a atitude de @#rcaio03 é que futebol mundial é um meio sujo onde todos os envolvidos querem sempre se dar bem, seja como for, nem que para isso tenham que ser desonestos.

Quantas vezes vemos jogadores se jogando em campo, querendo ganhar na malandragem, declarações de que roubado é mais gostoso, diretores reclamando e pondo pressão para que árbitros errem a seu favor e quando tais erros ocorrem, eles nunca admitem.

Publicidade

Existem muitos outros exemplos.

O futebol é primordialmente um meio sujo e desonesto. Claro que tem exceções, mas são bem raras. Outro exemplo é que recentemente, em outro clássico, o juiz se enganou num lance de expulsão do jogador do Corinthians, e jogadores do Palmeiras que viram e sabiam do erro ainda deram força e pressionaram para que o erro do juiz fosse mantido.

Enfim, Rodrigo Caio é uma gota de orgulho num oceano de desilusão que impera no país e no futebol. O ato vai correr o mundo e vão falar bem do Brasil pelo menos por alguns instantes. O atleta fez muitos brasileiros e torcedores do São Paulo sentirem que ainda há alguma esperança no ser humano. Principalmente em terras tupiniquins onde pessoas chegam a pensar se vale a pena ser honesto.

Cabe a nós parabenizarmos e falarmos sempre que der np brilhante gesto de Rodrigo Caio e torcer para que isso motive outros jogadores a fazerem o mesmo e perceberem que não vale tudo para ganhar. Que apareçam novas atitudes iguais para, quem sabe assim, o futebol e o Brasil se tornem menos corruptos e desonestos. #Sãopaulofc #tricolorpaulista