Como seria a vida se tivéssemos que escolher a #Liberdade de fazer tudo o que queremos o tempo todo? Como seria a vida se não existissem padrões pré estabelecidos que moldam e delimitam os nossos passos a todo momento?

Essas reflexões sempre perseguiram meus pensamentos, invadindo minhas madrugadas, me tirando o sono. Indagações diversas invadem minha mente e elas sempre acabam no lugar comum e na mesma pergunta: o que é a liberdade? Será que somos livres ou será que sabemos o que é a liberdade? Ou será que ela é apenas uma ilusão utópica?

Já nascemos regidos por diversos códigos e signos, e todos teremos que adotar alguns no decorrer das nossas vidas.

Publicidade
Publicidade

A sociedade é uma fortaleza que nos protege e nos fornece ferramentas para o convívio humano, no entanto ela nos aprisiona ao sistema e as suas engrenagens e assim crescemos emoldurados, etiquetados e mascarados com a cara que a sociedade imprime em nossa face.

Humanos são seres sociais e se sentem protegidos quando amparados dentro de algum grupo ou tribo e assim eles encontram o que acreditam ser o seu próprio eu, sem perceber muitas vezes que esse eu esta dentro das regras de seu grupo.E assim temos um mundo onde extremistas de diferentes segmentos acreditam serem os únicos detentores da verdade absoluta.

E a liberdade tão almejada onde fica, já que quando acreditamos estar livres ainda assim estamos dentro de um padrão? Mesmo que seja algo fora da moda, que seja diferente ainda assim estamos dentro de um sistema definido por alguém ou talvez definido por nós mesmo e que tentaremos sempre repassar adiante.

Publicidade

Mas para mim o primeiro #conceito de liberdade é estar bem consigo mesmo, diante das adversidades que o mundo nos apresenta podemos fazer nossas escolhas, mas sempre cientes que essa é uma verdade nossa ou referente à nossa cultura, a verdade absoluta é relativa e nossa liberdade não pode nunca se sobrepor a liberdade dos outros.

Respeito é a base da conquista das liberdades individuais, não podemos deixar que o nosso ego nos aprisione, ou nos coloque numa redoma de vidro ilusória que nos trás essa falsa sensação de supremacia perante aos outros... Precisamos de tolerância.

O mundo é uma bomba inflamável pronta para explodir e a cada segundo e podemos sim nos livrar dos desafetos, das polarizações, podemos conviver em paz com a sociedade sem ser alguém etiquetado ou emoldurado por valores impostos. Digo valores sem lógicas, elemento de cultura que você se identifica ou não...Não temo que nos obrigar a nada, apenas a respeitar o próximo!

Agora uma coisa é certa, liberdade total não existe já que somos escravos de nossas próprias necessidades fisiológicas. Agora ser cristão, roqueiro, pagodeiro, islâmico, coxinha ou mortadela... Isso pode ser uma escolha nossa! #utopica