O tão conhecido e renomado apresentador #Fausto Silva, da emissora Rede Globo, que apresenta o programa Domingão do Faustão há muitos anos, fez durante o seu programa exibido no último domingo (21), um desabafo bem na hora em que estava sendo realizado o quadro show dos famosos. Faustão interrompeu a apresentação para falar sobre a #Corrupção no Brasil, e os problemas que o país vem enfrentando nos últimos dias.

No seu discurso Fausto Silva, começou a enumerar os escândalos, e ainda fez uma piadinha com o cenário. Disse aos telespectadores que se Deus é considerado cidadão brasileiro, deve estar de férias há muito tempo, porque o Brasil está um caos.

Publicidade
Publicidade

Com isso os jurados do quadro também começaram a criticar os problemas e botaram a culpa nos atuais políticos.

Segundo o informações do site de notícias IG, Faustão é patrocinado pelo Banco Original, uma instituição onde o empresário Joesley Batista e Wesley Batista são donos. Os dois estão sendo acusados de fazer parte de um esquema onde é desviada uma quantia muito alta de dinheiro, para pagar propinas a diversas pessoas, entre elas as que foram chamadas a depor na investigação da operaçõ da #Lava Jato. O que se torna um tanto discrepante é o fato do apresentador, criticar essa corrupção e ao mesmo tempo ser patrocinado por esses mesmos empresários que ajudam manter este esquema corrupto.

No programa Domingão do Faustão, quando são exibidos as vídeos cacetadas, o apresentador precisa falar os patrocinados e cita o então Banco Original, dos empresários que estão sendo acusados de passar propinas.

Publicidade

Muitos devem saber que o ator que é bem conhecido por todos Tony Ramos, também fazia parte das empresas da equipe Batista e logo que começou a vir à tona todas as denúncias a eles, o ator veio a se desvincular imediatamente das empresas dos Batistas.

O ator Tony Ramos, participava como garoto-propaganda da empresa Dos Batistas, nos comerciais onde falava da marca Friboi, que veio a se tornar referência em todo pais pela qualidade de suas carnes. Após este escândalo a propaganda foi retirada do ar, pois Tony Ramos não queria mais fazer parte do comercial da empresa acusada de várias fraudes. O ator chegou a se manifestar nas redes sociais, se dizendo muito triste e surpreso pelo fato das empresas de Joesley Batista, mais especificamente a JBS, estarem envolvidas nos escândalos da compra do silêncio de políticos, e que por esse motivo pediu para retirarem o comercial do ar.