Há muitos anos o bullying faz parte da vida de crianças e adolescentes no Brasil e do mundo inteiro. Essa forma de abuso é considerada ameaçadora e humilhante. Normalmente, esse tipo de agressão é praticada por uma ou mais pessoas, que visam amedrontar e maltratar a vítima.

É correto afirmar que essa prática vem levando crianças e adolescentes a cometerem suicídio e ao isolamento social. A escola se torna, então, o principal ambiente para os agressores colocarem em prática o bullying, já que é o local onde as crianças passam a maior parte do tempo.

A violência pode ser física ou até mesmo psicológica, fazendo com que a vítima veja a sua vida se transformar em um tormento sem fim.

Publicidade
Publicidade

Não podemos deixar de citar a série que está bombando neste ano de #2017 que também aborda esse assunto do bullying bem a fundo. Claro que estamos falando de "13 Reasons Why", no qual a protagonista Hannah Baker (Katherine Langford) inicialmente, pelo o que se sabe até o momento, tira a própria vida devido ao abuso e sofrimento causado pelo julgamento das pessoas.

Hannah, então, deixa uma sequência de 13 fitas explicando o porquê de ela ter cometido o suicídio. Ao decorrer desse material, ela cita pessoas que, infelizmente, foram as responsáveis por ela ter chegado a tal ponto. Na série, as fitas estão sendo ouvidas pelo seu amigo Clay (Dylan Minette).

Mas por que o bullying acontece?

Na maioria das vezes, o bullying acontece pela diferença entre pessoas seja ela social ou por características físicas.

Publicidade

Como posso saber que estou sofrendo bullying?

Quando há uma frequência de agressão física ou emocional, quando isso se torna uma ação repetitiva e sistemática.

Quais os tipos de bullying?

O bullying pode ser dado de forma física, quando há um ato de agressão que coloca em risco a integridade física de um indivíduo ou grupo, ou de forma psicológica, quando há uma agressão de forma psíquica, colocando assim em risco a saúde mental de um indivíduo ou um grupo de pessoas.

Como posso ajudar alguém que esteja sofrendo bullying?

Ajudar alguém que está sofrendo bullying não é uma tarefa nada fácil, pois este indivíduo está emocionalmente muito frágil. Então, neste momento é necessário aconselhá-lo a dizer o que sente e não esconder nada, nem mesmo ocultar o nome de quem o humilhou. Dessa forma, será mais fácil identificar os agressores e adotar medidas preventivas para que tal ato não aconteça com outras pessoas.

O que não fazer ou dizer para alguém que está sofrendo bullying

Uma das primeiras atitudes que os pais tomam ao saber que o filho está sofrendo bullying é mudá-lo de escola, pois eles acreditam que dessa forma a violência irá cessar.

Publicidade

Esse é um grande erro, pois isso só será uma mudança de ambiente, já que em outro colégio haverá mais crianças e é onde o ciclo poderá recomeçar novamente, se tornando mais doloroso ainda para a vítima. Outro grande erro é dizer para alguém que está sofrendo bullying é que não passa de uma brincadeira de criança ou adolescente, falar para revidar caso isso aconteça novamente e muitas vezes afirmar que não passa de "frescura" da vítima.

Infelizmente, o bullying ainda é um problema em escala mundial e se faz presente em nosso dia a dia e no de nossos filhos, parentes ou amigos. Esse é um preconceito que mata e que destrói muitas vidas. Portanto, é necessário e indispensável denunciar essa prática e oferecer apoio psicológico a vítima desse mal terrível. #13ReasonsWhy #Nãoaobullying