Há 24 anos era apresentado ao mundo o documentário “Muito Além do Cidadão Kane”. Produzido por Simon Hartog e apresentado no canal britânico Channel 4, o documentário mostra a influência e manipulação do império Globo de telecomunicações no Brasil. O documentário é dividido em quatro partes para que o telespectador possa entender a relação de poder que o grupo tem sobre as decisões política em nosso país.

A primeira trata da fundação da rede que ocorreu durante o golpe militar de 1964. A segunda é retratado os negócios do Globo com o grupo americano Time-Life. A terceira é sobre o apoio dado pelo proprietário Roberto Marinho aos militares e a sua forte influência sobre a vitória de Tancredo Neves.

Publicidade
Publicidade

A quarta nos mostra as evidências quanto os seus objetivos ilegais e elementos de manipulação.

Apresentando apenas entrevistas com figuras do meio político, artístico e empresarial como Armando Falcão, Antônio Carlos Magalhães, Chico Buarque, Dias Gomes e Leonel Brizola. Como também intelectuais especializados no cenário social e na comunicação, entre eles Washington Olivetto, Maria Rita Kehl, Walter Clarck, Gabriel Priolli e o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva.

O documentário observa que em sua programação há uma repetição excessiva de sua identidade na tela, imagens espetaculares e hipnóticas criadas pelo designer austríaco Hans Donner. A imagem irrepreensível da ex-modelo Xuxa Meneghel, tida como uma das apresentadoras mais bem pagas do mundo. E a visão comum da Globo com sua audiência sendo mostrada no dominical “Fantástico”, que foi um dos carro-chefe da programação.

Publicidade

A telenovela que foi o início de sua supremacia, trazendo enredos e personagens com a intenção de ditar tendências e impacto no comportamento social. A manipulação informativa com as notícias e fatos acontecidos no país sendo apresentadas no “Jornal Nacional”.

Os acordos ilegais com o governo em Brasília e o grupo americano Time-Life no seu início na década de 1960. O apoio dado em vários momentos as atrocidades cometidas pelo regime militar. A manipulação das eleições presidenciais de 1989, que beneficiou Fernando Collor de Melo e derrotou Luiz Inácio Lula da Silva.

No geral, o documentário é uma forma de expor o sensacionalismo e a influência que a Rede Globo tem sobre o pensamento e comportamento do povo brasileiro. Que tem o poder de distorcer a verdade dos fatos para benefício próprio, sendo considerada a segunda maior empresa de comunicação do mundo, logo atrás da BBC de Londres.

O documentário foi feito com a intenção de mostrar ao povo do Reino Unido sobre a cultura brasileira, que até então não sabiam quase nada do #Brasil. Na época de seu lançamento, os executivos das organizações Globo conseguiram proibir a exibição deste filme. Mas, Simon Hartog, antes de morrer, conseguiu junto à Justiça brasileira um acordo para que os direitos não caíssem nas mãos deles. Hoje este documentário pode ser visto na plataforma YouTube. #MuitoAlemdeCidadaoKane #CidadaoKane