Para quem não toma certos cuidados, a roupa íntima pode se converter em uma inimiga íntima. Pode ser difícil para algumas pessoas acreditar que a escolha de roupas íntimas e o modo de usá-las podem ter consequências graves para a saúde de quem as usa, mas é verdade. A seguir, estão citados alguns erros comuns relacionados a roupas íntimas:

1 - Usar roupas íntimas apertadas

As roupas apertadas têm a vantagem - estética - de destacar as formas do corpo de quem as usa (e quanto melhor for a forma dela, melhor o resultado). Porém, as roupas justas podem causar problemas tanto para os homens quanto para as mulheres. As mulheres que usam roupas desse tipo podem sofrer de desconforto na região íntima, que é bem sensível.

Publicidade
Publicidade

No caso dos homens, o hábito de usar cuecas apertadas pode causar infertilidade. O ideal é usar peças de roupa confortáveis.

2 - Usar peças de lingeries feitas do tecido errado

Lingerie de algodão é a opção mais adequada porque esse tecido respeita a necessidade da pele de "respirar". O uso de peças de outros materiais deve ser relegado para ocasiões especiais - e bem raras - para que a saúde íntima da #Mulher não sofra.

3 - Não trocar a roupa íntima com a frequência adequada

Para muita gente, trocar de roupa íntima (pelo menos) diariamente é óbvio, quase parte da natureza delas. Ainda assim, há muitos que não o fazem. Por essa razão, que fique claro: roupas devem ser trocadas (pelo menos) diariamente, especialmente as roupas íntimas. Agir de modo diferente é favorecer a proliferação de bactérias nas roupas e facilitar o surgimento de infecções.

Publicidade

4 - Escolher o sabão errado

Por mais que sabões cheirosos impressionem, é preciso tomar cuidado porque o uso desses produtos para lavar as lingeries expõe as peças a uma grande quantidade de produtos, que podem causar alergias ou irritações em quem vai usar a roupa. Por isso, sabões neutros são os mais indicados para a tarefa.

5 - Usar a calcinha ou a cueca para guardar ou transportar coisas

Por praticidade ou qualquer outra razão, algumas pessoas transformam a #roupa íntima em um tipo de bolso ou bolsa para guardar itens como chaves, dinheiro, celulares, etc. É uma prática bastante insensata: afinal, os objetos do dia a dia são cheios de bactérias, as quais podem provocar infecções na região íntima.

6 - Não usar roupa íntima

Há quem simplesmente não use roupa íntima debaixo das outras roupas. Esse tipo de estratégia pode causar ferimentos na região íntima devido ao contato dela com as peças normais.

7 - Usar roupa íntima para dormir

Os médicos recomendam que as pessoas durmam ao natural se possível. O período de sono é uma boa ocasião para o corpo se recuperar das agressões do ambiente e dormir sem roupa de baixo ajuda a região íntima do corpo a respirar.