Inúmeros estudos científicos estão a todo momento na tentativa de descobrir o que realmente faz um #Relacionamento durar muito tempo. Vários são os comportamentos que podem interferir em um relacionamento que vão desde digitar de maneira excessiva, até dormir menos que o habitual. Confira a seguir, uma lista de algumas #coisas que a maioria dos #casais felizes não fazem.

1- Mensagens de texto em excesso

Um estudo desenvolvido pela Universidade Brigham Young descobriu que manter de formar excessiva conversas por mensagens de texto pode provocar uma distância entre o casal. A pesquisa mostrou que o uso frequente de mensagens de texto para tomar decisões, pedir desculpas um ao outro, ou resolver os problemas proporcionam um desgaste e consequentemente uma menor qualidade do relacionamento, porém, isso não significa que método de comunicação como esse precisam ser extintos pelo casal.

Publicidade
Publicidade

Pelo contrário, desde que não seja excessivo, alguns tipos de mensagens de texto como as carinhosas, costumam fortalecer a relação.

2 - Ter filhos

Um surpreendente e polêmico estudo desenvolvido pela Open University, na Inglaterra, revelou que cuidar diariamente de crianças pode provocar a longo prazo à insatisfação no casamento. O estudo também mostrou que os casais não casados - que apenas namoram - também mostram uma satisfação superior no relacionamento do que os casados.

3 - Baixo senso de humor

É de conhecimento universal que o riso é muito bom para a saúde mental e física. E, de acordo com os resultados de um estudo australiano, o riso também pode ser benéfico para um relacionamento. O estudo mostrou que expressar um bom senso de humor é bastante benéfico para o relacionamento a longo prazo.

Publicidade

4 – Relações sexuais insatisfatória

Da mesma maneira que um grande estudo australiano revelou que 42% das mulheres e uma grande maioria dos homens estavam insatisfeitos sexualmente devido à falta de sexo no relacionamento, um estudo nomeado de "Dinheiro, Sexo, e Felicidade" também descobriu que casais que passam a praticar relações sexuais uma vez por semana, ao invés de apenas uma vez por mês, expressam um significativo aumento de felicidade, que pode ser equiparado ao receber um pagamento salarial extra de US$ 50 mil dólares por ano.

5 - Beber de forma desproporcional ao parceiro

Um estudo publicado pela revista Psychology of Addictive Behaviors feito com 650 casais durante os primeiros nove anos de casamento revelou que hábitos de consumo de bebidas alcoólica irregulares podem desgastar fortemente um relacionamento. Porém, em casais que bebem de forma proporcional, os riscos de separação ou divórcio são bem menores, assim como quando nenhum dos dois bebe. Isso conclui que para uma relação feliz é de grande importância que os hábitos com bebida sejam os mesmos.