Quando falamos de realidade e vida não podemos deixar de olhar a região mais seca e mais castigada pelas mazelas públicas, que é a região Nordeste do #Brasil

Vivo eu em uma região onde o incentivo privado quase que não existe na área social, sem contar as dificuldades que os habitantes dessa região passam com a falta de oferta de água para o consumo humano. Tudo para essa região é muito mais complicado e a burocracia é o primeiro entrave a ser quebrado.

Sociedade na visão de quem a vivencia

A região Nordeste é uma região de costumes e muitas tradições centenárias, além da riqueza cultural de suas capitais, que concentram boa parte da identidade e da História brasileira.

Publicidade
Publicidade

Muito de nossa cultura nacional vinha e continua vindo da região Nordeste do Brasil. Nós temos forte ligação com os povos da Europa, uma vez que estes desbravaram as nossas terras e foram os primeiros a colonizar a região.

Na cultura, temos rico e farto leque de diversidade musical; temos, por exemplo, a cultura de raiz, que é a manifestação mais presente ainda nos dias de hoje. É interessante observar as festas, que são o legado que se passa de geração para geração e mostra como antigamente o quão rica é a região nordestina.

A religião também se destaca diariamente no cotidiano do povo nordestino. A fé é muitas vezes a última condição de recurso da população para recorrer em suas causas pessoais e coletivas.

Temos aqui no Nordeste grandes personagens que, ao longo da História, se destacaram tanto na vida pessoal quanto na missão religiosa.

Publicidade

Temos Padre Cicero, o Franciscano Frei Damião, o líder religioso Antônio Conselheiro e muitos outros que, ao longo do tempo, passaram por essa Terra tão castigada.

Já andaram por sobre essa terra personagens que levaram sofrimento e angústia por onde passaram, como é o caso da figura de Lampião e seu bando de cangaceiros, que assaltavam e assassinavam pessoas por onde passavam.

E na contra mão da História, também andaram por essa terra personagens como Frei Damião, um franciscano que veio para o Brasil e aqui teve encontrada a sua verdadeira missão, que era levar a palavra de Deus por onde passasse e, ao mesmo tempo, transmitir conforto e orientação espiritual para a população tão castigada pela falta de horizonte e oportunidades.

As festas tradicionais, por outro lado, já nos traz uma visão mais festiva e alegre de ver o Nordeste como uma promessa de ser uma região próspera e muito mais produtiva no futuro que se apresenta para todos nós.

Temos aqui no Nordeste os festejos de São João, Santo Antônio e São Pedro que, juntos, atraem milhões de pessoas todos os anos para todos os estados da região Nordeste e mostram a cultura centenária que temos aqui.

Publicidade

Futuro social

Tenho a perspectiva que na área social nós temos muito em que aprender e muito a cobrar dos governantes, uma vez que são eles o elo principal da população com os recursos e a assistência social para os menos favorecidos da sociedade.

Os investimentos para o Nordeste estão chegando aos poucos e, se tiver vontade política, tudo pode melhorar. A Transposição do Rio São Francisco, por exemplo, está levando água bruta a regiões que mais precisam desse valioso recurso.

Temos também na área ambiental o Projeto Ventos do Araripe, que é um conjunto de vários parques eólicos que estão sendo produzidos em toda a região Nordeste do Brasil e que vai ajudar na geração e oferta de uma energia limpa e vinda de fonte renovável.

Visão

Tenho a certeza que as próximas gerações vão vir numa situação bem melhor que a nossa atual ou as gerações que já se passaram, tendo em vista que a forma de ver as mazelas está mudando e estamos aprendendo com os erros do passado. Vamos cuidar do nosso presente e escolher da melhor forma o nosso futuro, que tão logo se apresentará aos nossos olhos. #Conectados