O nosso livre arbítrio é muito importante, com ele fazemos sempre as escolhas que queremos. Somo livres para escolher o que é certo ou o que é errado. Porém, hoje em dia, o que é certo é visto como errado e o que é errado tem sido visto como correto.

Umas das lutas internas do ser humano é essa dicotomia: o que é certo e o que é errado? Tudo depende do ponto de vista que cada um tem de experiência de vida, da bagagem que traz consigo, da nossa criação, da nossa existência, e, sobretudo, do que é que realmente importa para nós.

Muitas vezes a discriminação vem do próprio negro, que não aceita ser negro, não aceita a condição em que ele veio! Não bastando, a discriminação que os outros possam ter dele.

Publicidade
Publicidade

Talvez quem sabe um desequilíbrio emocional por ter sido discriminado o tenha deixado vulnerável a tal situação de não aceitar a si próprio. E falando sobre aqueles que os discrimina, também podem ser que tenham algum tipo de desequilíbrio.

O #Racismo é uma discriminação social definida por uma raça ser superior a outra. Uma atitude depreciativa e discriminatória que atinge um grupo social ou étnico.

O crime de racismo é inafiançável e não prescreve! A lei no Brasil sobre esse crime é a nº. 7.716/1989. A coisa é tão importante que até a ONU (Organização das Nações Unidas) estabeleceu o dia 21 de março como Dia Internacional da Eliminação da Discriminação Racial.

O #Comportamento humano é tão difícil de lidar, pois mesmo sabendo que está cometendo um crime, ainda assim continua a perseguição e a discriminação de um contra o outro.

Publicidade

As perguntas que precisam ser feitas a si mesmo sobre isso seria: quando foi que comecei a não gostar e a discriminar tal grupo ou tal pessoa, já que na minha infância, não tinha esse comportamento? Será que meus pais me influenciaram e tudo isso é reflexo do que eles faziam e continuam fazendo? Seria dos preconceitos que sofri desde criança? Se eu sofri, por que permito que outras pessoas também sofram com o mesmo problema? Por que não aceitar a minha própria cor e a minha condição de ser negro na sociedade? O que me faz superior a alguém? Dinheiro? Tenho muitos empregados e sou riquíssimo, se for essa razão entre muitas. Preciso tanto dos meus empregados quantos eles precisam de mim. Só sou patrão por conta deles.

A dependência dos seres humanos são extrema, pois que para que um exista, o outro também tem que existir. Ricos, pobres, branco, pardo, amarelo, negro, gays, lésbicas, índios. Todos fazem parte da nossa história e da nossa vida! E toda nossa austeridade, nossa pompa, nossa insanidade acaba quando morremos, pois que vamos para o mesmo lugar onde estarão os que morrem.

Publicidade

Por que não tenho a percepção de que o que eu discrimino hoje, poderá ser um filho meu amanhã? Isso, para aqueles que ainda não tem filhos.

Quantas pessoas são descriminadas porque casaram com uma pessoa negra! E que os pais não queriam que isso acontecesse? O conselho seria: pais, amem seus novos membros da família, que incluam todas as crianças que vierem.

E o preconceito com aqueles de outras religiões? Que triste, não? Acreditam que tem que fazer a bondade e amar o próximo, mas odeiam as pessoas que professam outra fé.

O bullying está cada vez mais em alta, como um ataque fulminante a aqueles que convivem com uma baixa estima por conta da discriminação descontrolada de alguns que se acham superiores e detentos de um poder que não vai levá-los a nada e nem mesmo melhorar a vida deles.

E o pior, em sua maioria as pessoas não conhecem nem mesmo aqueles que eles estão discriminando! Sim, só sabem que são negros, brancos, amarelos, gays, índios.

Ninguém é forçado a gostar de ninguém e nem mesmo da religião que uma pessoa segue, mas todos são convidados a ter respeito pelas pessoas!

O fato é que, assim como as diferenças estão entre nós, a discriminação também está. Vive conosco: dorme, fala, bate, mata, menospreza, ouve, participa de tudo, está em todos os lugares, nos acompanha como se fosse a nossa melhor amiga, procurando um alvo o tempo todo.

A discriminação religiosa tem sido um estopim para constante de guerra pelos grupos terroristas de hoje! A da cor foi um legado sangrento na África de Nelson Mandela. E aqui, tem sido um sofrimento desnecessário de um povo lutador!

Pais e jovens, lutem contra isso! O que precisa ser exterminado das nossas vidas é o racismo e o preconceito. O que plantamos é o que colhemos de um jeito ou de outro, a vida sempre nos cobra alguma coisa e nos reserva surpresas nem sempre agradáveis.

Ou continuaremos doentes! Perdendo tempo com lixo ao invés de procurar algo de valor?