Atualmente, o mundo vive um verdadeiro rebuliço de novas palavras, seja pelo crescente boom da tecnologia e das ciências, seja pela grande troca de informações e viagens internacionais. Muitas palavras foram adentrando em nossa #Língua e o português começou a se moldar para dar conforto a todos os falantes.

Entretanto, muitas definições ainda não possuem uma forma sintética para expressarem um significado maior como palavra. A partir dessa questão, resolvemos trabalhar a criatividade dos brasileiros e elaboramos um Top 10 dos verbos que precisamos no dicionário brasileiro!

Acrosticar

Sabe quando ligamos para a nossa operadora de telefone e eles pedem para você soletrar algum dado através de outras palavras, a fim de que as iniciais destas formem, de fato, o dado necessário? Por exemplo, quando alguém com um sobrenome francês, como Dubois, precisa fazer um acróstico para a atendente.

Publicidade
Publicidade

Dedo, Uva, Boi, Olho, Índio, Sapo. Com isto, ao invés de definirmos o pedido à criação de um acróstico, poderíamos apenas dizer: “O sr. poderia acrosticar, por favor?”. Et voilà!

Mesprivar

(mensagem + privado)

Para o tradicional inbox, pensaram numa forma mais abrasileirada. Juntaram as palavras mensagem com privado e nasceu um verbo! Então, quando você quiser mandar uma mensagem na caixa de mensagem pessoal de alguém, você só diz: “Te mesprivo, tá?”.

Caraocar

Ah, os caraoquês da vida! Sim, o dicionário Houaiss não manteve a grafia japonesa karaoke. Mas tudo bem, vamos ao verbo. A partir de agora, ao invés de dizer “vamos fazer caraoquê hoje?” é só gritar: “Bora caraocar?”.

Liziar

(ligar + vazio)

Ah, esse é para quem fica de saco cheio quando vai atender ao telefone e... silêncio. Isso mesmo, ou até quando atendemos e a linha cai ou quando aparece aquelas mensagens automáticas.

Publicidade

Pois bem, ao invés de falar que “não era ninguém”, podemos responder “Ah, liziou”. Quando atendi, era só um vazio... Ah!

Introliar

(interior + olhar)

Bem, esse verbo é bonitinho e até poético. Sabe quando estamos num lugar, mas não estamos? Quando os nossos olhos estão abertos, mas ao invés de estarmos olhando algo a nossa frente, estamos pensando em outra coisa, divagando longe... Pois bem, esse é o verbo perfeito para você dar aquela resposta bacana:

“Ei, tá moscando, aí?

“Ah...não, apenas introliando.”

(Se) Vontilhar

(vontade + compartilhar)

Já esse é bem óbvio e até natural de se sentir hoje em dia. É só ver aquele vídeo de um filhote de gatinho pulando no sofá que já pensa: “Ah, esse já me vontilhou!”. Um minuto depois o vídeo já está circulando na linha do tempo com um emoticon de coração. Eita!

Irfar

(ir + forçar)

É, todo mundo já foi em algum lugar sem realmente sentir toda aquela vontade. E é este verbo que vai definir essa situação indesejada. Pela junção de duas palavras: ir e forçar, surge o querido “irfar”.

Publicidade

“Filho, escolhe: ir à festinha da Ju ou ficar sem mesada?

“Tá, eu irfo...”

Lamuscar

(lacrimejar + música)

Quem nunca chorou com aquela música de Chopin ou com aquele sertanejo sofrido? Pois bem, para dizer que você está num momento de lágrimas, devido a fatores musicais, é só gritar para todo mundo ouvir: “Estou lamuscando! Me deixe em paz.”

Prozinhar

(primo + cozinhar)

Não, esse verbo não é cozinhar um rango para os primos. Na verdade, este primo trata-se da forma latina que significa “primeiro”, ou seja, diremos prozinhar quando estivermos fazendo um determinado prato pela primeira vez!

“Ah, hoje prozinhei um mocotó!”

“Eita, será que ficou bom?”

Fadiomar

(falar + idioma)

Para os amantes das línguas estrangeiras, este é o verbo ideal e curto para expulsar qualquer curiosidade. Quando você estiver falando com algum estrangeiro ou caraocando em outro idioma, é só se justificar dizendo que você está fadiomando e que isso faz bem para o cérebro! Talvez ninguém entenda, mas tudo bem, né? #top10 #Português