Boa parte dos moradores de Belford Roxo foi surpreendida pelas manchetes dos jornais do Rio de Janeiro desta quarta-feira, 26 de julho de 2017, com a notícia da derrubada do portal da entrada de #Belford Roxo a mando do prefeito Waguinho (PMDB). O portal, que foi construído em 1994 no #Governo do então prefeito Joca, era o principal símbolo da 'Cidade do Amor', termo criado na administração Joca.

Segundo notícia apurada pelo jornal carioca ‘O Dia’, a destruição do pórtico foi publicada no Diário Oficial do município no dia 8 de julho e no texto havia apenas a informação de que haveria a demolição do monumento histórico para a construção de um novo marco na principal entrada da cidade (para quem vem pela Via Dutra).

Publicidade
Publicidade

Jorge Júlio da Costa dos Santos (Joca), para o bem ou para o mal, é uma figura política importante que faz parte da história de Belford Roxo, tendo sido um dos principais ativistas em prol da emancipação de Belford Roxo, na época 4º distrito de Nova Iguaçu, e acabou entrando também para a história como o primeiro prefeito do novo município no ano de 1994.

Além do portal histórico, outras obras da gestão do ex-prefeito Joca estão sendo demolidas, segundo o relato de moradores. O atual prefeito que está no poder desde o início deste ano usou o termo ‘mudança’ como lema de sua campanha para a prefeitura.

Ao invés de querer mudar o que não precisa ser mudado, o alcaide deveria mudar o foco de sua atenção para o que realmente precisa ser mudado, como o cenário de total abandono da saúde pública no município, os atrasos no pagamento de funcionários públicos, entre outros temas como educação e segurança.

Publicidade

Ainda falando sobre mudança, com esse lamentável episódio espera-se que o prefeito aprenda que destruir monumentos históricos e obras deixadas por inimigos políticos do passado não fará com que ele ,Waguinho, seja lembrado como exemplo de bom gestor.

Infelizmente, como está sendo visto na atual gestão da prefeitura de Belford Roxo, a 'mudança' foi só uma palavra que talvez algum marqueteiro político tenha achado bonito colocar na campanha do então candidato a prefeito, para passar a impressão de que se tratava de um candidato que traria modernidade para Belford Roxo.

Mas o que está sendo visto na prática é justamente o contrário, ou seja, um político obtuso, retrógrado e alinhado com a velha maneira de fazer política, que faz uso de atitudes truculentas e intimidatórias. Waguinho certamente será lembrado pela população de Belford Roxo, mas não da maneira que ele deseja.