O presidente Temer se pronunciou ontem a respeito da aprovação da reforma trabalhista. Seu pronunciamento anterior faz jus a esse feito: "Eu fiz mais em um ano pelo pais do que outros governos em 20 anos". Desde a notícia vir à tona, palpiteiros especialistas do 'Fracassobook' tomaram seu posto nesta guerra ideológica, que a priori é sustentando pela decisão de quem vai pagar os sindicatos.

A divulgação de informação na internet, sem embasamento algum, vem abocanhando as mentes mais desprovidas de cognição mental, herdadas das rotinas encontradas em diversas e exemplares universidades federais. Estes, por sua vez, jorram pelos dedos o que pensam em falar, como sempre sem ler a proposta da lei, e sem tratar o próprio analfabetismo funcional.

Publicidade
Publicidade

Para botar o prego no cachão do defunto (sindicatos) e de quem quer pagar algo que não produz e a nada pertence: não, o Temer esse já está se enterrando, como o nosso querido Príncipe Suíço (Dr. Eduardo Cunha) e, com isso, está nos dando um pouco da sua graça.

Vamos lá, de forma direta,a algumas respostas:

- Eu vou perder meus direitos da minha querida CLT

Não tem emenda nenhuma e não tem como fazer silogismo algum para chegar a tal conclusão.

- Agora vamos trabalhar 12 horas

Sim, se você quiser e se for acordado com o seu patrão você vai trabalhar 12 horas e descansar 36 não excesso às 44 horas. Já era assim antes profissionais da saúde vivem disso.

- Não teremos direitos à férias

Você tem os mesmos direitos. A diferença é que você escolhe se quer fracionar as férias. Não sabe o que é fracionar? Exemplo: 30 dias de férias, você se quiser, pode pedir para dividir os 30 dias, 10 nas festas de natal e ano novo, 20 nas férias escolares do seus filhos em julho.

Publicidade

- Não tenho mais direito a almoçar! Vou morrer de fome

Você tem o direito a almoçar, mas agora você pode escolher dar 30 minutos do seu almoço e ser pago 50% a hora a mais desse almoço, ou se você quiser conversar para sair mais cedo, fácil de entender não é? Porque você não entende o 'Fracassobook'?

- Agora os patrão vão pagar 10 reais no mês para trabalhador

O salário vai ser acordado entre você e o patrão se ele oferecer 10 reais você não aceita a oferta de emprego. Isso é uma fantasia de quem vive no mesmo mundo do "Da lua" , nenhum empresário vai fazer uma oferta ridícula, afinal ele é empresário e não quer perder mão de obra de qualidade para quem paga mais.

- Futuras maMães vão trabalhar em linha de produção do torno e de furadeiras

Não, a senhorita que estiver grávida será avaliada por um médico se houver risco dela será realocada para outro setor ou função que não ofereça risco, somente risco aceitável de acordo com laudo médico. Será mantida a segurança do bebê e da mamãe

A melhor parte é não ter que pagar os sindicatos, quase ninguém usa o SESC e tem que pagar, agora vocês vão ter o que produzem, nada. #A Lei do Amor #2017 #Congresso Nacional