Publicidade
Publicidade

Como esquecer alguém depois de um fim de relacionamento ou como aprender a se desapegar de um ex amor, ou até mesmo aceitar que alguém faleceu, partiu para longe e não volta mais?! São respostas bastante difíceis.

É o ciclo da vida, tudo que começa uma hora acaba. As pessoas morrem, os amores acabam, as pessoas de afastam, os tempos mudam, mas como faz para esquecer? É um processo lento que deve ser feito devagar. Tentar esquecer alguém rápido pode fazer o efeito contrário e a pessoa permanecer em você para sempre. O primeiro passo para a “cura” é admitir que se está doente, que aquilo aconteceu e que o amor ainda permanece em você.

Publicidade

Já que não se pode dar a ordem de despejo aos habitantes do coração o que resta é ter paciência.

Mas como deixar de gostar?

Vivemos numa época que ninguém aguenta esperar e tudo tem que acontecer imediatamente. E ninguém quer sentir dor, seja na mente ou no coração. Ninguém quer estar triste ou sozinho e então procura-se enlouquecidamente uma maneira rápida de toda essa tristeza sair de dentro de si. Mas a tristeza só vai passar se você se permitir senti-la até o fim. Quem evita o luto ou a tristeza, o prolonga por mais tempo em sua vida. A saudade só irá passar quando ela for devidamente sentida. É preciso aceitá-la.

Nesse mundo é preciso aceitar que há coisas que não tem solução, a morte, a separação, o amor acabar, a tristeza, a falta de solução. Devemos nos desapegar de problemas que não podemos resolver, e aceitar as decisões que o destino impõem para a nossa vida.

Publicidade

Não há remédio ou injeção que cure esse mal, apenas a dor que espeta e machuca.

Inúmeros são os conselhos para sair, ir para farra com os amigos, uma nova viagem, se dedicar ao trabalho, fazer um curso novo, ocupar a mente de alguma maneira, mas a verdade é que mais cedo ou mais tarde temos que enfrentar tudo o que se acumulou em nossa mente, em nossa alma, em nosso coração. Fica tudo lá dentro, desarrumado esperando que uma hora tenhamos a coragem de enfrentar. Para esquecer é preciso aceitar que as lembranças vão sempre atormentar até o momento em que a mente e o coração se cansem de viver assim e aos poucos vão aprendendo a deixar para trás. E não adianta usar outra pessoa para substituir quem foi embora, você está enganando a si próprio e a outra pessoa. E dificilmente quem não sabe ficar sozinho vai conseguir completar o outro.

É uma tarefa bastante difícil superar o fim de um romance principalmente se a decisão de terminar não foi sua. Não procure saber da pessoa, tente passar um tempo sem vê-la, não alimente as lembranças, não se culpe pelo fim, não se obrigue a ter logo de imediato novos interesses e novos amores.

Tudo tem seu tempo, e as coisas acontecem quando tem que acontecer. #Interessante #amar #Ciência